Anualmente, a empresa britânica Quacquarelli Symonds divulga o QS World University Ranking, uma lista com as melhores instituições de ensino superior em todo o mundo. A elaboração do ranking 2018/19, analisou cerca de 4.500 instituições. Veja os resultados e como entrar para uma delas.

Os Estados Unidos dominaram a lista das dez melhores, com cinco universidades, seguido pelo Reino Unido, com quatro, e a Suíça com uma. A USP (Universidade de São Paulo) foi a melhor colocada brasileira, na 118ª posição mundial, e, na América Latina, fica atrás apenas da Universidade de Buenos Aires (73ª) e da Universidade Nacional Autônoma do México (113ª).


Para o levantamento, são levados em consideração seis indicadores: reputação acadêmica, no mercado de trabalho, relação entre número de alunos e professores em dedicação exclusiva, volume de projetos acadêmicos publicados, quantidade de educadores estrangeiros e de estudantes vindos de outros países. Cada índice tem um peso diferente na pontuação final.

Quem deseja cursar uma graduação no exterior deve começar a se preparar o quanto antes, pois a nota média do aluno é analisada em cada ano do nível médio. “Começar o ensino básico com a metodologia internacional, mesmo no Brasil, já é um passo à frente, pois desde cedo se habituará com o idioma e as exigências das melhores escolas”, explica o diretor do Colégio Positivo Internacional, Pedro Daniel Oliveira.

Além disso, vale investir em cursos extracurriculares, trabalhos voluntários e competições, afinal eles contam pontos na hora da seleção. “Qualquer tipo de projeto é válido. Os discentes precisam fazer um registro das evidências de todo o seu comprometimento com as atividades. Certificados, medalhas, diplomas, relatos escritos, fotos, vídeos, depoimentos, tudo vale para enaltecer e evidenciar o portfólio”, explica Oliveira

Também é necessário escolher com cuidado o local onde deseja estudar. É muito importante, por exemplo, se identificar com o lugar no qual irá morar. Para a transição ser o mais suave possível, alguns pontos precisam ser tomados em consideração e um deles é a língua. No mais, vale a pena pedir o auxílio de um college counselor. “Haverá uma mudança cultural na vida do educando. Logo, é importante a conscientização de residir em outra cidade por 3 ou 4 anos”, ressalta Acedriana Vicente, diretora pedagógica da Editora P., em Curitiba.

Pronto para dar esse passo? Conte com o Nube!

Seja nosso seguidor no Twitter (@nubevagas) e veja notícias diárias de ações, vagas de estágio e aprendizagem, palestras e muito mais. Assista nossos vídeos de dicas no YouTube e participe da nossa página no Facebook. Agora estamos também no Instagram e no Linkedin. Esperamos você em nossas redes sociais!

O Nube também oferece cursos on-line voltados para a qualificação profissional de estagiários e aprendizes. Basta acessar o link www.nube.com.br/ead. Todos os serviços para o estudante são gratuitos. Já instalou nosso aplicativo "Nube Vagas" em seu celular? Com ele você será notificado a cada nova oportunidade. Disponível na Apple Store e Play Store.

Compartilhe