A partir de uma integração saudável em uma empresa, o feedback torna-se uma peça-chave para o crescimento organizacional. Segundo a plataforma Hubspot, uma média de 43% dos colaboradores com maior grau de engajamento utilizam o método ao menos uma vez na semana. Para 78%, o reconhecimento os deixa mais motivados, enquanto 69% "trabalhariam com verdadeiro empenho se seus esforços fossem apontados pelos gestores".
 
De acordo com Flora Alves, CLO (Chief-Learning Officer) da SG - Aprendizagem Corporativa, para as engrenagens da companhia funcionarem com fluidez, é imprescindível investir em exercícios de comunicação. “Ao decidir expressar de maneira clara os objetivos a serem atingidos e o papel de cada um nessa missão, facilita-se o caminho percorrido pelo time”, considera.

Contudo, construir uma cultura sustentável de colaboração organizacional também significa entender as expectativas dos funcionários. “Ou seja, é uma atividade democrática e deve contemplar todos os agentes de uma corporação”, explica. Para a especialista, o poder da devolutiva cumpre o papel de oferecer suporte à performance e é capaz de assegurar a migração das melhorias no desempenho da teoria para a prática.

Isadora Rodrigues Lustosa cursa publicidade e propaganda na Escola Superior de Propaganda e Marketing, no Rio de Janeiro. Como estagiária, acredita no retorno mútuo, ou seja, o gestor deve estar aberto a dar e receber uma resposta, assim como ela. “A intenção é sempre o crescimento profissional. Por isso, levo cada um deles como ajuda para construção de quem eu busco ser diariamente”, conta.  

Para Flora, a estratégia só terá bons resultados se houver um balanceamento entre os aspectos positivos e negativos da performance de cada profissional, a fim de refletir sobre os tópicos abordados. Além disso, a conversa deve ocorrer em um lugar neutro, sem possibilidades de interrupções. Quanto ao início da atividade, uma ideia é destacar as qualidades do ouvinte em vez de partir para as cobranças imediatamente. Outro fator a ser levado em conta é o tom das palavras para evitar o uso de expressões fortes e constrangimento.

Por fim, utilize a alternativa ao seu favor como impulsor para resultados com excelência. Invista nisso e boa sorte!

Estamos no Linkedin com mais dicas e matérias focadas para gestores.

Se você tiver dúvidas sobre a contratação de estagiários e aprendizes, solicite um contato da nossa equipe.

Interessado em aprender mais? O Nube também oferece cursos on-line voltados para a qualificação profissional de gestores, estagiários e aprendizes.

Compartilhe