Dentre as diversas oportunidades para o futuro, encaradas pelos jovens ao final do ensino médio, está a carreira em medicina. Além da alta concorrência enfrentada nos vestibulares, os desafios para o ramo são diversos e quem pretende iniciar-se na área, deve tomar alguns cuidados.

A estudante Natacha Helena, de 21 anos da Universidade Cidade de São Paulo, a Unicid, vive diariamente as dificuldades relacionadas à sua trajetória. Mesmo tendo se preparado por dois anos com um cursinho, seu desempenho na primeira tentativa do ENEM - Exame Nacional do Ensino Médio, não foi tão satisfatório. “Quase desisti de tentar novamente. No ano seguinte, estudei ainda mais e consegui uma pontuação mais alta”, conta.

Agora, no quarto período de sua graduação e com uma visão mais detalhada sobre a profissão, ela diz ser fundamental considerar a carga horária destinada aos estudos. “Tenho aulas de segunda a sexta e tutoria em grupo duas vezes por semana. Muitas vezes passo o dia na faculdade me aprofundando”, explica.

Além disso, a universitária também realça a importância de se manter atualizada com as novidades do nicho. “Sempre frequento congressos realizados pelo diretório acadêmico da instituição e procuro participar de ligas, tais como a de oncologia, onde pretendo me especializar”, completa. Mesmo comprometida com seus horários, Natacha busca aproveitar os fins de semana para descansar, se divertir e voltar revigorada para seus afazeres.

Mesmo com diversos problemas e novas situações durante o período de formação, os obstáculos não param por aí e se intensificam após o diploma. Para o Doutor Renato Grinbaum, médico e docente da Unicid, um dos principais desafios para quem se forma atualmente consistem em lidar com o desenvolvimento tecnológico.

“Os programas de inteligência artificial irão redesenhar toda a prática médica”. Saber lidar com a alta quantidade de concorrentes pode também ser um obstáculo. Portanto, segundo Grinbaum, é preciso gostar de trabalhar com as pessoas, ser tolerante, paciente e se empenhar muito, ininterruptamente, para garantir seu lugar.

Flávia Gonçalves, coach em Campinas, reforça sobre a importância de ter foco em seus objetivos, mesmo durante o tempo de graduação, para conseguir crescer profissionalmente. “Quem não se esforça, dificilmente terá bons resultados, independentemente do ramo pretendido. Em um mercado competitivo, ‘dormir no ponto’ não é uma opção viável”, defende.

Em todas áreas de atuação, a caminhada poderá ser difícil. Afinal, lidamos com um mundo cada vez mais exigente e as consequências disso impactam diariamente em todos os profissionais. Entretanto, se você tiver determinação e escolher algo de acordo com seus interesses, as chances de se sentir realizado e motivado são bem maiores. O Nube acredita em seu potencial!

Seja nosso seguidor no Twitter (@nubevagas) e veja notícias diárias de ações, vagas de estágio e aprendizagem, palestras e muito mais. Assista nossos vídeos de dicas no YouTube e participe da nossa página no Facebook. Agora estamos também no Instagram e no Linkedin. Esperamos você em nossas redes sociais!

O Nube também oferece cursos on-line voltados para a qualificação profissional de estagiários e aprendizes. Basta acessar o link www.nube.com.br/ead. Todos os serviços para o estudante são gratuitos. Já instalou nosso aplicativo "Nube Vagas" em seu celular? Com ele você será notificado a cada nova oportunidade. Disponível na Apple Store e Play Store.

Compartilhe