Ser influenciador em mídias sociais não apenas se tornou uma alternativa para quem não conseguem obter renda nas atividades formais ou querem complementá-la. Muitos começam com esse propósito e acabam por largar suas profissões de origem, obtendo um retorno financeiro maior.

Essa perspectiva tem atraído novos entrantes no mercado da Internet. O número de micro influenciadores no Brasil, hoje estimado em cerca de 8 mil pessoas, deve crescer ainda mais. Segundo Thiago Cavalcante, sócio-fundador da Inflr, apesar dessa nova tendência, muitas pessoas ainda não sabem como podem ganhar dinheiro com isso.

No entanto, se der certo, o resultado é bem gratificante. “Essas pessoas contam com milhares de seguidores e atuam em determinados nichos. Têm conhecimento sobre temas específicos e, por isso, chamam a atenção de alguns públicos interessantes às empresas. Assim, acabam gerando conversões”, explica Cavalcante.

Em meio a esse cenário, nasceu a M'Ana - Mulher Conserta para Mulher em 2015, fundada por Katherine Cristine Pavloski e Ana Luisa Monteiro Correard. Tudo começou quando Katherine, após concluir o curso de arquitetura, mudou-se para o Rio de Janeiro onde se interessou pelo ofício de pedreira e eletricista. Porém, o trabalho em um canteiro de obras, onde era a única pessoa do sexo feminino, acabou por ser uma fonte de estresse e ela decidiu buscar outros caminhos.

Viu, então, no Facebook, um post de oferta de funções de manutenção residencial por mulheres para mulheres. A ideia era de Ana Luisa, formada em cinema de animação, e surgiu quando foi assediada por um prestador de serviço em sua própria casa. “Como, além dos reparos e instalações, ensinamos as mulheres como fazer, há muita empatia no grupo”, conta Ana.

Katherine se identificou e entrou em contato com Ana Luisa com a sugestão de trabalharem juntas. “Eu tinha know how vasto devido à minha experiência dentro de obras e tinha um dinheiro para investir”, lembra. Hoje, além dos atendimentos mensais, elas têm rendimentos com patrocínios em seus perfis no Facebook, com 36,7 mil seguidores. “Além de gerar receita, as mídias sociais impulsionam o negócio”, evidencia.

Portanto, tire sua ideia do papel e se surpreenda com os resultados! Conte sempre com o Nube!

Seja nosso seguidor no Twitter (@nubevagas) e veja notícias diárias de ações, vagas de estágio e aprendizagem, palestras e muito mais. Assista nossos vídeos de dicas no YouTube e participe da nossa página no Facebook. Agora estamos também no Instagram e no Linkedin. Esperamos você em nossas redes sociais!

O Nube também oferece cursos on-line voltados para a qualificação profissional de estagiários e aprendizes. Basta acessar o link www.nube.com.br/ead. Todos os serviços para o estudante são gratuitos. Já instalou nosso aplicativo "Nube Vagas" em seu celular? Com ele você será notificado a cada nova oportunidade. Disponível na Apple Store e Play Store.

Compartilhe