Fim de ano é época de festa, mas também é um dos períodos no qual as pessoas costumam ficar mais estressadas. Já vivemos em um mundo altamente competitivo e com enorme quantidade de tarefas diárias, contudo, em dezembro, o trabalho e a pressão aumentam ainda mais. Esta mistura de ansiedade e cobrança pode trazer impactos para a saúde física e emocional dos funcionários.

O resultado pode ser o de colaboradores extremamente cansados ou até mesmo com problemas mais sérios, como o esgotamento profissional. O problema vai além do estresse ou da simples inquietação. “Ocorre especialmente em quem vive experiências carregadas com um alto nível emocional. Por exemplo, as responsabilidades de carreiras como médicos, enfermeiros, bombeiros e professores, muitas vezes, causam o acúmulo de sentimentos intensos”, afirma a psicóloga, Cristiane Pertusi.

Em casos mais sérios, a exaustão dá lugar a Síndrome de Burnout. O malefício se inicia com a tensão no trabalho, podendo levar a uma condição crônica de estresse. “A maior propensão a desenvolver o problema é quem tem baixa autoestima ou dificuldade nos relacionamentos interpessoais”, descreve a especialista. Entre os sintomas mais frequentes estão a tristeza, indiferença, agressividade, isolamento, mudanças de humor, dificuldade de concentração, distanciamento afetivo e desinteresse pelas funções.

Maria Inês Vasconcelos é advogada trabalhista em Belo Horizonte e já abriu processos com esses casos. “Portadores da enfermidade chegaram ao escritório relatando, por exemplo, a perda de memória, sintoma decorrente das pressões excessivas sofridas no ambiente laboral”, comenta. Sob o aspecto físico, são comuns dores de cabeça, males gastrointestinais, palpitação, aumento na pressão arterial, insônia e no caso das mulheres, alterações no ciclo menstrual. O tratamento com os especialistas é fundamental para a cura. “Contudo, será preciso muita força de vontade e iniciativa do paciente, para ele conseguir mudar seu estilo de vida e a maneira como lida com a carreira”, afirma a coach.

Se você conhece alguém nessa situação, ofereça ajuda. A saúde vem sempre em primeiro lugar!

Seja nosso seguidor no Twitter (@nubevagas) e veja notícias diárias de ações, vagas de estágio e aprendizagem, palestras e muito mais. Assista nossos vídeos de dicas no YouTube e participe da nossa página no Facebook. Agora estamos também no Instagram e no Linkedin. Esperamos você em nossas redes sociais!

O Nube também oferece cursos on-line voltados para a qualificação profissional de estagiários e aprendizes. Basta acessar o link www.nube.com.br/ead. Todos os serviços para o estudante são gratuitos. Já instalou nosso aplicativo "Nube Vagas" em seu celular? Com ele você será notificado a cada nova oportunidade. Disponível na Apple Store e Play Store.

Compartilhe