A inteligência emocional é provavelmente a competência mais importante para o crescimento profissional. Apesar do conhecimento técnico ser indispensável para exercer qualquer função, o lado comportamental está ganhando maior importância a cada dia. Logo, saber dominar seus sentimentos confere maior competência para lidar com as adversidades, gerenciar pessoas e entregar resultados sob pressão.

A resiliência é reconhecer as emoções e dar espaço para elas se manifestarem de maneira equilibrada. “Então, é manter-se íntegro mesmo quando tudo desaba à sua volta. É controlar a euforia, excitação e alegria diante de uma vitória e também dar vazão à tristeza, à raiva e ao medo de maneira moderada e prudente”, explica Lucas Fonseca, palestrante e fundador do Instituto Lucas Fonseca.

Nossa cultura nos cobra sucesso e felicidade de maneira deturpada, como se o estado de alegria deve-se ser permanente. Porém, infelizmente, ou felizmente, a vida é feita também de dessabores. “Frustrações, fracassos e decisões erradas fazem parte da jornada e, nesse sentido, aprender a ressignificar é tão importante quanto comemorar as vitórias”, enfatiza.

O primeiro passo é reaprender a sentir. A maioria das pessoas está completamente desconectada de seus sentimentos. Por outro lado, a única forma de ter controle é conhecer de perto seu interior. “Eu costumo chamar essa imersão de “método eu sou”. Por meio de perguntas poderosas, a pessoa repassa os momentos mais importantes de sua vida para descobrir e dar um significado à cada fase pela qual passou”, incentiva o especialista. Para ele, ao fazer essa viagem pela sua história, é possível identificar qual é o seu modelo de sucesso pessoal, rever os paradigmas e acontecimentos “negativos’. “A partir daí, será fácil apoderar-se novamente de suas escolhas e dar um novo sentido a tudo”, garante.

Quando se retoma o controle, é possível estar mais preparado para lidar com as adversidades do mundo corporativo e da vida pessoal como um todo. Renato Zacharias é sócio-diretor da RB Serviços em Guarulhos. Para ele, ao liderar uma empresa, é preciso lidar também com erros, principalmente em épocas de crise econômica. “Nesses momentos, a resiliência ajuda o empreendedor a se recuperar, promover mudanças e ter um novo olhar frente aos infortúnios”, comenta.

Claro, esse processo exige coragem e disposição. “Contudo, também é voltar a estar em paz consigo mesmo, se aceitar plenamente”, finaliza Fonseca.

Pronta para uma nova guinada? Conte com o Nube!

Seja nosso seguidor no Twitter (@nubevagas) e veja notícias diárias de ações, vagas de estágio e aprendizagem, palestras e muito mais. Assista nossos vídeos de dicas no YouTube e participe da nossa página no Facebook. Agora estamos também no Instagram e no Linkedin. Esperamos você em nossas redes sociais!

O Nube também oferece cursos on-line voltados para a qualificação profissional de estagiários e aprendizes. Basta acessar o link www.nube.com.br/ead. Todos os serviços para o estudante são gratuitos. Já instalou nosso aplicativo "Nube Vagas" em seu celular? Com ele você será notificado a cada nova oportunidade. Disponível na Apple Store e Play Store.

Compartilhe