Segundo um estudo divulgado na ScienceDaily, para aguçar a criatividade das pessoas é necessário um ambiente um pouco caótico, o qual faça o indivíduo sair da sua zona de conforto, para ter resultados melhores. Saiba mais em nossa matéria!

A pesquisa foi desenvolvida pela Doutora Kathleen D. Vohs, da Universidade de Minnesota, Estados Unidos, e consistiu no recrutamento de 48 participantes. Algumas dessas pessoas foram colocadas para trabalhar em ambientes bagunçados e outras em locais organizados. Ao final, os grupos precisavam propor soluções para a seguinte questão: uma empresa de bolas de ping-pong necessita pensar em novos usos para o objeto. Proponha quantas ideias vocês tiverem para isso.

O resultado foi surpreendente, pois ambas turmas apresentaram a mesma quantidade de soluções, porém o time do ambiente caótico foi mais criativo nas soluções em 28%. Essa porcentagem foi comprovada por pesquisadores da Universidade de Northwestern. Logo, a bagunça criativa estimula a tomada de decisão mais arriscada, ou seja pode ser ideal para um brainstorm e/ou desenvolvimento de novos produtos.

Entretanto para as atividades com necessidade de foco e produtividade, a organização é primordial. "Um ambiente arrumado é importante para por em prática a inovação vinda do caos. Ou seja, do ambiente desordenado”, explica Fabiano Castro, especialista em carreiras e Diretor da Minds Idiomas, também com filial no Rio de Janeiro.

Mesmo assim, segundo uma pesquisa do Nube, apenas 1% dos jovens afirma ser desorganizado. Desses, 0,36% (102) desabafaram: “sempre perco até meu celular” e 0,17% (49) acrescentaram: “isso até me prejudica no ambiente profissional”. Lizandra Bastos é psicóloga e já vivenciou situações caóticas. Para ela, é importante não ter medo de pedir auxílio, ou conselhos para os colegas. “A mudança do comportamento depende de atitudes simples e contínuas”, enfatiza.
 
Para ajudar a pensar fora da caixa, Castro lista quatro ações simples para ser um bagunceiro(a) consciente e ter mais criatividade no dia a dia:

Mude os objetos de lugar: algo simples e eficiente. Para o cérebro exercer novas conexões neurais é preciso ter estímulos visuais diferentes.

Sente ao lado de um colega e conceda 1 hora do seu tempo (semanalmente): a ideia aqui é você observar um amigo, de preferência de outra área, enquanto ele trabalha. Faça isso após o expediente. Absorver outras informações e até o método de atuação do outro pode te ajudar.

Altere a ordem das atividades do seu dia: temos as prioridades, mas nas demais tente trocar a ordem de executá-las. É como aprender um idioma, você é "forçado"a pensar de uma outra forma.

Ambientes como o Google e diversas startups já entenderam esses passos adotaram o modelo horizontal, no qual há troca entre todos os setores.

Você já está fazendo o mesmo pelo seu negócio? Abra o olho e acompanhe o ritmo do mercado!

Seja nosso seguidor no Twitter (@nubevagas) e veja notícias diárias de ações, vagas de estágio e aprendizagem, palestras e muito mais. Assista nossos vídeos de dicas no YouTube e participe da nossa página no Facebook. Agora estamos também no Google+Instagram e no Linkedin. Esperamos você em nossas redes sociais!

O Nube também oferece cursos on-line voltados para a qualificação profissional de estagiários e aprendizes. Basta acessar o link www.nube.com.br/ead. Todos os serviços para o estudante são gratuitos. Já instalou nosso aplicativo "Nube Vagas" em seu celular? Com ele você será notificado a cada nova oportunidade. Disponível na Apple Store e Play Store.

Compartilhe