As funções de um líder podem ser um desafio. Segundo um estudo da McKinsey, nos EUA, 75% dos funcionários atribuem ao chefe a pior parte do trabalho de uma equipe. No Brasil, a visão dos jovens é diferente: 87,5% deles afirmam: “o trabalho do superior pode ser fácil ou difícil, vai depender de como ele agirá com o grupo”. De uma forma ou de outra, grandes responsabilidades estão por trás desse cargo.

Para facilitar a vida de quem ocupa essa posição, a coach executiva, Luciana Carreteiro, separou quatro dicas essenciais. São elas:

1. Ouvir até compreender. Escutar é um sinal de respeito, pois as pessoas se sentem bem porque suas opiniões são consideradas. Procure não interromper ou preparar uma réplica. Dê a todos o mesmo tempo de fala. Além de se desenvolver, você irá treiná-los a sintetizar e, com o tempo, expressarão suas visões com mais eficiência.

2. Pedir e dar feedback com frequência. Essa é a ferramenta mais valiosa para o desenvolvimento. Porém, deve seguir duas regras: precisa ser recíproco e com uma boa frequência. O uso contínuo desse recurso demonstra a maturidade de um time e de seus integrantes, a começar pelo líder.

3. Estabelecer objetivos claros com cada colaborador. A verdadeira motivação vem de dentro. Para estar motivado, é necessário saber aonde vai e quer chegar. Para isso, todo superior deve desenhar as metas com cada indivíduo.

4. Ser entusiasta de forma sustentável. Nós somos o reflexo do meio. Suas ações atingem seu staff. Se você está animado, todos também estarão, se ao contrário, o sentimento prevalecente é a raiva, os profissionais ficam com medo. Com isso, a ansiedade sobe, os papos de bastidores começam e aquela insegurança gradativamente se instaura.

A especialista ainda afirma: “cada interação é sua oportunidade de gerar energias positivas no outro. Se alguém te leva um problema, você costuma responder “resolve!”, “de novo!?” ou “vamos entender isso juntos”? Se ainda não se convenceu, pratique durante um período de duas semanas e veja as reações obtidas com isso”.

Paulo Rodrigues estuda direito na Universidade Presbiteriana Mackenzie, de Campinas. Como estagiário, ele considera essencial a interação entre gestor e setor para um trabalho diferenciado. “Cumpir a demanda quase toda equipe consegue, o diferencial é fazê-lo com eficiência e de maneira ‘leve’”, afirma.

De acordo com o universitário, é de grande valia para a carreira conviver com quem se atenta e se propõe a ajudar na evolução dos outros. “Não podemos confundir quem se preocupa com as atividades de seus liderados com quem faz o trabalho em seu lugar por não ter confiança”, finaliza Rodrigues.

Sendo assim, se preocupar com o espaço oferecido a quem segue seus direcionamentos é crucial para obter bons e expressivos resultados. O Nube está com você nesta jornada!

Seja nosso seguidor no Twitter (@nubevagas) e veja notícias diárias de ações, vagas de estágio e aprendizagem, palestras e muito mais. Assista nossos vídeos de dicas no YouTube e participe da nossa página no Facebook. Agora estamos também no Google+Instagram e no Linkedin. Esperamos você em nossas redes sociais!

O Nube também oferece cursos on-line voltados para a qualificação profissional de estagiários e aprendizes. Basta acessar o link www.nube.com.br/ead. Todos os serviços para o estudante são gratuitos. Já instalou nosso aplicativo "Nube Vagas" em seu celular? Com ele você será notificado a cada nova oportunidade. Disponível na Apple Store e Play Store.

Compartilhe