Certamente, você já ouviu falar de fake news. A propagação de notícias falsas ganhou maior proporção com as eleições 2018. Assim, a importância de verificar o conteúdo das notícias se tornou ainda mais relevante. Saiba mais sobre o assunto nesta matéria!

Para a especialista em Comunicação Organizacional Integrada, Isabela Pimentel, a enorme quantidade de dados circulando na web, disponíveis a um clique, nem sempre é devidamente checada. “Tal fato é reforçado por um estudo recente divulgado pela Nature, o qual afirma o alto volume de informações nas redes sociais, associado à limitada capacidade de absorção dos conteúdos”, explica. Segundo ele, isso tem contribuído para a proliferação de boatos e matérias incoerentes no ambiente digital.

O professor doutor em Ciência Política da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) Wagner Romão, aponta o Whats App, como um desses canais informativos. Contudo, para ele, a ferramenta também se constitui em um dos maiores ambientes de circulação de reportagens errôneas, utilizado por cerca de 97 milhões de brasileiros.

Alguns softwares e sites, como o Botometer, desenvolvido pela Universidade de Indiana, ajudam a identificar perfis fakes no Twitter. Outra plataforma é a Hoaxy. Além disso, alguns passos podem auxiliar a não cair em armadilhas.

Veja oito dicas listadas por Isabela:

1- Cheque a fonte: essa publicação saiu em outros sites?

2- A entrevista contém órgãos confiáveis?

3- Quem deu as declarações? São autoridades no assunto?

3- Esse canal costuma publicar notícias assim, para conseguir likes?

4- Verifique a data de publicação: é algo novo ou um boato requentado?

5- Consulte especialistas: procure uma confirmação de profissionais da área;

6- Veja se tem tom alarmista e começa com palavras como “Alerta” , “Atenção”, “Urgente”, geralmente grafados em caixa alta (maiúsculas);

7- Há link ou citações de instituições científicas?

8- Há indicação das pesquisas para embasar a reportagem?

Gostou das dicas? Seja consciente e não propague dados incorretos!

Seja nosso seguidor no Twitter (@nubevagas) e veja notícias diárias de ações, vagas de estágio e aprendizagem, palestras e muito mais. Assista nossos vídeos de dicas no YouTube e participe da nossa página no Facebook. Agora estamos também no Google+Instagram e no Linkedin. Esperamos você em nossas redes sociais!

O Nube também oferece cursos on-line voltados para a qualificação profissional de estagiários e aprendizes. Basta acessar o link www.nube.com.br/ead. Todos os serviços para o estudante são gratuitos. Já instalou nosso aplicativo "Nube Vagas" em seu celular? Com ele você será notificado a cada nova oportunidade. Disponível na Apple Store e Play Store.

Compartilhe