Um gestor pode ser o responsável pelo sucesso ou fracasso de uma organização pela maneira como coordena seu time. Além de saber lidar com pessoas, essa figura precisa sair do lugar comum e enfrentar desafios. Assim, surgem duas formas para fazer isso: liderar a equipe ou em equipe.

Segundo Ana Beatriz Abranches, gestora de carreira e de liderança, do Rio de Janeiro, a diferença está na maneira como conduz o grupo e como as ações são direcionadas. O primeiro compreende seu papel hierárquico e motiva seus colaboradores para alcançar os resultados esperados. O segundo também procura engajar, mas seu diferencial está na tomada de decisão, a qual é feita em conjunto.

O ambiente proporcionado com a gerência horizontal se torna favorável, pois possibilita o crescimento da empresa e dos envolvidos. “Os subordinados enxergam propósito  na função e se sentem mais valorizados”, evidencia. Além disso, ao delegar a resolução para o seu pessoal, eles se responsabilizam pela mesma. A relação, então, fica mais próxima, pois todos estão focados em prol de um único objetivo.

A estudante de marketing, Amanda Santos, enxerga vantagens para o clima no trabalho e nutre a vontade de assumir essa posição para sua jornada. Dentre as inúmeras capacidades, ela aponta a empatia como a essencial para ter um bom relacionamento no local corporativo. “Líderes podem inspirar outras pessoas e isso me motiva”, conta a jovem.

Para a especialista, mesmo com esse modelo, o superior ainda deve se posicionar como tal. Ao distribuir decisões, também se delega poderes. Assim, se essa questão não for efetiva, as pessoas podem interpretar de forma errônea seu papel e causar inúmeros prejuízos para o desempenho coletivo. “É preciso ter a capacidade de escutar e orientar com pulso firme frente a algum embate”, conclui Ana Beatriz.

Em uma pesquisa do Nube, 50% dos entrevistados consideraram a proatividade como a sua principal característica positiva. Portanto, para aplicar esse modo de direção, é fundamental ter profissionais com essa habilidade, para se adequarem a autonomia e liberdade. “Não é fácil encontrar essas pessoas, mas elas estão por aí”, finaliza.

Aproveite os benefícios trazidos e invista nesse tipo de administração. Boa sorte!

Estamos no Linkedin com mais dicas e matérias focadas para gestores.

Se você tiver dúvidas sobre a contratação de estagiários e aprendizes, solicite um contato da nossa equipe.

Interessado em aprender mais? O Nube também oferece cursos on-line voltados para a qualificação profissional de gestores, estagiários e aprendizes.

Compartilhe