Tomar decisões assertivas quando se trata de sua carreira é imprescindível. Afinal, quando seguimos caminhos equivocados, a chance de ficarmos desmotivados é grande. Por isso, com a chegada de testes como o Enem e Fuvest, é necessário saber: qual área você quer seguir?

Para a professional e personal coach, Sueli Leitão, de São Paulo, a escolha de sua trajetória envolve uma análise dos fatores responsáveis por nossos estímulos internos. “Estamos falando da identificação dos seus motivadores, valores, os quais trazem realização e alegria, além de descobrir suas melhores habilidades e talentos”, conta.

Entretanto, essa definição não se limita a isso. “Alguns aspectos relacionados aos incentivos externos também devem ser considerados. É vital iniciar essa observação depois de ter concluído a descoberta do seu interior”, explica. Ainda de acordo com a especialista, muitos acabam não se atentando a isso e, desse modo, ficam insatisfeitos em suas posições.

“Tenho visto uma grande diferença entre quem toma essa atitude com base em seus motivadores ou quem se guiou apenas por motores superficiais, principalmente com o olhar limitado à possibilidade de conquistar altos salários”, relata. Por isso, Sueli reforça: é fundamental trabalhar com paixão.

Segundo a coach, quando se executa uma função com deleite, o bem-estar é favorecido. “A dopamina, por exemplo, é o neurotransmissor da alegria e da felicidade. Quando temos prazer em nossas atividades, ela é liberada, assim como estimulantes da criatividade, coragem e memória”, explica. “Dessa maneira, a frase ‘quero fazer isso pelo resto da minha vida’, ganha sentido para um profissional”, conclui.

Os jovens buscam cada vez mais pelo êxito em suas trilhas no mundo corporativo. Segundo pesquisa do Nube, quase 40% dos mais novos acreditam no sucesso e no reconhecimento como os aspectos mais vitais para uma vivência. Para tanto, é necessário estar contente com suas escolhas.

Maria Sibeli de Matos é estagiária na região de Campinas. Para ela, sua experiência como Jovem Aprendiz a ajudou a definir seus passos. Hoje, a estudante, satisfeita com a carreira escolhida na área de ciências econômicas, já pensa em seus próximos rumos. “Pretendo fazer uma especialização, pois quero seguir o ramo acadêmico e, futuramente, dar aulas”, conta.

Portanto, priorizar essa questão antes de se inscrever em vestibulares é primordial. Pense bastante em todos os aspectos citados acima para não se arrepender. Fique calmo: caso tenha percebido um possível erro nesse momento, sempre haverá tempo de mudar de direção. O fundamental é nunca se esquecer de sua felicidade! O Nube torce por seu sucesso.

Seja nosso seguidor no Twitter (@nubevagas) e veja notícias diárias de ações, vagas de estágio e aprendizagem, palestras e muito mais. Assista nossos vídeos de dicas no YouTube e participe da nossa página no Facebook. Agora estamos também no Google+Instagram e no Linkedin. Esperamos você em nossas redes sociais!

O Nube também oferece cursos on-line voltados para a qualificação profissional de estagiários e aprendizes. Basta acessar o link www.nube.com.br/ead. Todos os serviços para o estudante são gratuitos. Já instalou nosso aplicativo "Nube Vagas" em seu celular? Com ele você será notificado a cada nova oportunidade. Disponível na Apple Store e Play Store.

Compartilhe