A Lei de Estágio, nº 11.788, comemora dez anos no dia 25 de setembro e celebra algumas mudanças realizadas. Elas simbolizam um grande passo em nosso país, ao reconhecer e valorizar a atividade como importante pilar nos investimentos na educação. Quem presenciou essa época, comemora as vantagens!

Para o administrador de empresas Rafael Obici, a modalidade simboliza o começo de sua carreira. “O estágio me guiou na escolha da profissão, além de ter sido a maneira mais fácil de entrar no mercado”, aponta.  Obici acompanhou a transição e na época ficou receoso de como o mundo dos negócios absorveria essas alterações. Afinal, há quem discordasse das questões apresentadas, principalmente à respeito da jornada de exercício. No entanto, aponta: esse é o grande diferencial.

De acordo com a lei, a prática deve ter no máximo seis horas diárias e 30 semanais. “O estudante tem tempo para se dedicar aos trabalhos acadêmicos, além do respaldo legislativo para estagiar apenas com metade da carga horária em época de provas”, aponta Obici. Além disso, outros direitos também foram assegurados, como tempo máximo do contrato, recesso remunerado, bolsa-auxílio, entre outras.

A publicitária Camila Garcia é outro exemplo de quem viu vantagens: foi estagiária até 2009. Para ela, as medidas serviram para enaltecer o verdadeiro objetivo da prática como forma de trazer autoconhecimento e aprendizado. “Entendi quais eram meus pontos fortes e os de melhoria. Utilizei isso para me desenvolver e analisar quais tarefas eu fazia bem e tinha gosto”, conta.

Para o coordenador do curso de Tecnologia em Recursos Humanos, da Anhanguera de São José dos Campos, Paulo Martins, essa é a melhor forma de introduzir os jovens na realidade empresarial e o desenvolvê-los como futuros líderes. “O estágio ajuda a evoluir competências e comportamentos inerentes ao mundo do trabalho, e por vezes, só mesmo nesse ambiente serão desenvolvidas”, evidencia.

Certamente, com investimento, os empreendimentos terão profissionais cada vez mais capacitados e estimulados a buscar o conhecimento e aperfeiçoamento próprio. A legislação, já com uma década em vigor, reforçou a responsabilidade do país em inserir os jovens no mercado. Afinal, quando se investe nesse grupo, por consequência, você também aposta na educação.

Faça parte dessa história e celebre com o Nube os dez anos da Lei de Estágio!

Seja nosso seguidor no Twitter (@nubevagas) e veja notícias diárias de ações, vagas de estágio e aprendizagem, palestras e muito mais. Assista nossos vídeos de dicas no YouTube e participe da nossa página no Facebook. Agora estamos também no Google+Instagram e no Linkedin. Esperamos você em nossas redes sociais!

O Nube também oferece cursos on-line voltados para a qualificação profissional de estagiários e aprendizes. Basta acessar o link www.nube.com.br/ead. Todos os serviços para o estudante são gratuitos. Já instalou nosso aplicativo "Nube Vagas" em seu celular? Com ele você será notificado a cada nova oportunidade. Disponível na Apple Store e Play Store.

Compartilhe