A dificuldade em organizar a rotina entre sala de aula e estágio pode ser um grande desafio. Quando os horários estão apertados, fica fácil deixar vontades para trás e dar atenção somente às questões urgentes. Certamente, é imprescindível priorizar suas tarefas. Entretanto, também é indispensável gerenciar seu tempo e ter um intervalo para descansar e ler. Entenda mais nesta matéria do Nube!

Quais são seus hábitos de leitura? Essa foi a pergunta feita pelo Nube em uma pesquisa direcionada aos jovens. Com mais de 12 mil participantes, 44,7% afirmaram ler muito, pelo menos um livro por mês. Porém, de acordo com o último levantamento feito pelo Ibope Inteligência, o brasileiro lê, em média, apenas 4,9 livros ao ano. O fundamental, então, é buscar maneiras de fortalecer esse costume.

Para a mentora de carreira e grafóloga, Luciana Boschi, do Rio de Janeiro, tanto a leitura, quanto a escrita são ações sociais de suma importância para o desenvolvimento cognitivo. “Esses exercícios proporcionam, além da aquisição de conhecimentos, o desenvolvimento do intelecto e da imaginação. Seja por prazer, para estudar ou se informar, a prática aprimora o vocabulário e dinamiza o raciocínio e a interpretação”, explica.

De acordo com a especialista, essa atividade desenvolve a criatividade e a comunicação, além promover a aquisição de um repertório mais amplo, capaz de ampliar e expandir seus horizontes. “Assim, nosso senso crítico é aguçado por meio da capacidade de interpretação e o aprendizado de conteúdos específicos é favorecido”, defende.

Para Luciana, obras complementares à sua carreira também são excelentes. “Enriquecem o profissional não apenas com conteúdos específicos, mas também com exemplos. A teoria será a base para experimentar, na vida real, o dito nos livros”, expõe. Ainda segundo a mentora, consumir textos literários também pode trazer ideias de como aumentar a produtividade e reduzir o estresse, colocando o foco nos resultados.

Caroline Oliveira de Carvalho cursa comunicação social na Universidade São Paulo (USP). Embora goste da atividade, a estudante admite ler com pouca frequência. “Tenho concluído três obras por ano”, relata. Entretanto, a graduanda reconhece as vantagens do hábito. “Quando me dedico, desenvolvo muito minha criatividade”, conta.

Além disso, Caroline conta como foi beneficiada em processos seletivos por ter essa prática. “Meu português melhorou muito. Desenvolvi, também, meu raciocínio lógico e senso crítico. Além disso, tenho maior segurança quanto aos quesitos buscados pelos recrutadores”, afirma.

Sendo assim, explorar exemplares dos mais diversos autores pode ajudar você a ter destaque em sua área. Portanto, aproveite essa oportunidade. O Nube te deseja uma boa leitura!

Seja nosso seguidor no Twitter (@nubevagas) e veja notícias diárias de ações, vagas de estágio e aprendizagem, palestras e muito mais. Assista nossos vídeos de dicas no YouTube e participe da nossa página no Facebook. Agora estamos também no Google+Instagram e no Linkedin. Esperamos você em nossas redes sociais!

O Nube também oferece cursos on-line voltados para a qualificação profissional de estagiários e aprendizes. Basta acessar o link www.nube.com.br/ead. Todos os serviços para o estudante são gratuitos. Já instalou nosso aplicativo "Nube Vagas" em seu celular? Com ele você será notificado a cada nova oportunidade. Disponível na Apple Store e Play Store.

Compartilhe