Quando entramos em um escritório, é fácil ver cada pessoa trabalhando com o seu estilo próprio. Algumas parecem estar sempre em grupos. Outros colegas, no entanto, são muito mais eficientes quando atuam em casa ou em um ambiente silencioso.

Como você prefere se comunicar e recarregar suas baterias diz muito sobre o seu eu e pode influenciar o rendimento. A especialista em conteúdo da Evernote, Emily Esposito, listou os tipos de personalidade e seus diferentes níveis:

Introvertidos: recarregam as energias ao passar um tempo sozinhos. De acordo com um trabalho escrito pelo psicólogo Jonathan Cheek da Wellesley, existem quatro níveis: sociais, pensantes, ansiosos e contidos. Para se sentir mais confortável, converse com seu gerente sobre o seu estilo. Para dar um impulso na motivação e participar das reuniões, revise com antecedência o assunto a ser tratado e anote algumas coisas para dizer.
 
Extrovertidos: se sentem melhor quando estão perto de várias pessoas. Eles não se importam de serem o centro das atenções mas, quando a sós, podem se sentir sugados mentalmente. Há dois tipos: o agêntico e o afiliativo. Apesar de algumas pessoas se estressarem com uma lista crescente de tarefas, quem está nessa categoria ama um desafio. Contudo, apesar de ser um estímulo, defina limites para não ter um burn out. Crie um período no seu dia para intencionalmente se conectar com outras pessoas. Por exemplo, almoce ou tome café com alguém diferente toda semana.

Ambivertidos: estão bem no meio dessa escala e, de acordo com Barry Smith, professor emérito e diretor do Laboratório de Psicofisiologia Humana na Universidade de Maryland, são 68% da população. O equilíbrio é chave para quem se encaixa nesse espectro e a sua preferência em adotar uma postura pode mudar dependendo da situação. Pense nos estilos de quem te rodeia, interaja e permaneça flexível para poder atender suas próprias necessidades sem comprometer a deles.

Amanda Batista é consultora de oportunidades no Nube e sempre foi expansiva. Para ela, há pontos positivos e negativos. “Tenho facilidade em falar em público, desenvoltura e, por isso, consigo me enturmar. Mesmo assim, as vezes, esse jeito pode ser confundido com má postura, além de não passar credibilidade em alguns momentos pela falta de seriedade”, explica.

Para Emily, é fundamental sempre se colocar fora da zona de conforto e tentar coisas assustadoras ou desconfortáveis. “Introvertidos podem descobrir como a socialização no escritório é ótima para melhorar relacionamentos e aumentar sua visibilidade com a liderança. Enquanto extrovertidos podem achar valor em aprender a delegar”, assegura a especialista.

Além disso, é importante não ir a excessos. “A timidez, por exemplo, é um modo de funcionamento e, em algumas situações, todos passarão por isso. Contudo, é válido ficar atento para não virar uma fobia social”, comenta a psicóloga em Campinas, Shirley Miguel.

Você sabe definir qual é o seu perfil? Desenvolva-se e destaque-se no mercado!

Seja nosso seguidor no Twitter (@nubevagas) e veja notícias diárias de ações, vagas de estágio e aprendizagem, palestras e muito mais. Assista nossos vídeos de dicas no YouTube e participe da nossa página no Facebook. Agora estamos também no Google+Instagram e no Linkedin. Esperamos você em nossas redes sociais!

O Nube também oferece cursos on-line voltados para a qualificação profissional de estagiários e aprendizes. Basta acessar o link www.nube.com.br/ead. Todos os serviços para o estudante são gratuitos. Já instalou nosso aplicativo "Nube Vagas" em seu celular? Com ele você será notificado a cada nova oportunidade. Disponível na Apple Store e Play Store.

Compartilhe