Você vive no vermelho? Muita gente se embaraça na hora de organizar as finanças e não consegue manter a organização. Alguns nem mesmo pensam em fazer essa ordenação. Porém, as consequências podem ser graves. Confira nesta matéria dicas para planejar bem os seus gastos!

De acordo com um estudo da Serasa Experian, o número de consumidores brasileiros inadimplentes é de 61,4 milhões. Houve um aumento de 0,7% na comparação com maio de 2017. O montante dos débitos chegou a R$ 273,7 bilhões, com média de quatro pendências por CPF. São R$ 4.458,00 por pessoa. Os economistas da pesquisa apontam o enfraquecimento do ritmo de crescimento econômico como influenciador da alta taxa de desemprego. Como resultado, a inadimplência do comprador bate recordes.

Para a gestora financeira Danieli Morbidelli, os grandes vilões foram os juros altos e falta de trabalho. “Devemos considerar a dificuldade em manter um padrão de conforto mínimo permanecendo empregado, imagine como seria sem entradas em seu orçamento”, aponta a engenheira. A recessão atingiu a todos de diversas maneiras e isso fez muitas pessoas se enrolarem com os pagamentos. Nesses casos, é necessário procurar alternativas. “Deve-se buscar a negociação sempre, buscando as melhores condições para a quitação ou parcelamento, pois deixar o tempo passar somente agrava a situação. A redução no orçamento é a mais árdua de estruturar. Deve-se deixar de lado alguns luxos corriqueiros e preservar as prioridades”, recomenda.

A gestora ainda dá dicas para sistematizar as contas:

Arrume as despesas por categorias: coloque-as no papel e classifique-as para facilitar a ordem das mais importantes.

Relacione os recursos com objetivos: as metas são significativas para você? Então vale a pena poupar para conseguir  investir nelas.

“Imagine o valor da mensalidade de sua faculdade. Vincule-o ao sonho de ascensão profissional, assim o foco será mantido. Preserve o pensamento a longo prazo”, finaliza a especialista.

O estudante da Universidade Federal do Rio de Janeiro, Bruno Guilhermo Valério, segue as orientações da gestora. “Eu separo o custo fixo do variável, tentando manter o primeiro sempre o mais baixo possível. EM um momento de endividamento, saídas determinadas elevadas limitam nossa capacidade de guardar dinheiro, prolongando a quitação da dívida”, conta. Para ele, é indispensável se prevenir quanto às ‘facilidades’ de negócio. “É prudente tomar cuidado com cartão de crédito, principalmente ao fazer parcelas. Elas são apenas um gasto estático por um determinado período, nada mais”, opina o jovem.

A organização é fundamental para o alcance dos objetivos. Planeje-se e tenha sucesso!

Seja nosso seguidor no Twitter (@nubevagas) e veja notícias diárias de ações, vagas de estágio e aprendizagem, palestras e muito mais. Assista nossos vídeos de dicas no YouTube e participe da nossa página no Facebook. Agora estamos também no Instagram e no Linkedin. Esperamos você em nossas redes sociais!

O Nube também oferece cursos on-line voltados para a qualificação profissional de estagiários e aprendizes. Basta acessar o link www.nube.com.br/ead. Todos os serviços para o estudante são gratuitos. Já instalou nosso aplicativo "Nube Vagas" em seu celular? Com ele você será notificado a cada nova oportunidade. Disponível na Apple Store e Play Store.

Compartilhe