Você já ouviu falar de automação? É a substituição do ofício humano por máquinas. De acordo com especialistas, 3 a cada 10 ocupações devem desaparecer por causa da mudança até 2030. Por isso, muito tem sido dito sobre a carência de se encontrar novas formas de trabalhar. Porém, qual é o limite dessa transição? Descubra nesta matéria!

Uma pesquisa do Instituto McKinsey aponta a extinção de 800 milhões de empregos por causa das inovações. Essa realidade já está presente em diversos setores, como nos call centers, quando um discador informático realiza as ligações e oferece um menu interativo para o consumidor falar com a corporação. Porém, isso não significa o término das funções desempenhadas por pessoas.

Para Mariah Martins, estudante do CEFET/RJ, a realização de tarefas por meio dos robôs facilita a vida das empresas. Porém, é importante não deixar a transformação virar um retrocesso. “A otimização extrema faz parecer a volta da busca do mercado por especialistas em monitoramento de equipamentos”, argumenta. Na visão da jovem, o serviço para os humanos nunca vai terminar. “Repetições podem ser automatizadas, mas precisamos do dinamismo presente nos profissionais de hoje para, por exemplo, atendimento das necessidades do usuário. Essa é uma das maiores vertentes sustentadas pelas grandes, médias e pequenas companhias”, destaca.

Utilizando a tecnologia a seu favor, o colaborador consegue economizar recursos e tempo. Dessa forma, a produtividade aumenta. Ingrid Oliveira, programadora técnica, recomenda o investimento nas habilidades de comunicação. “A indústria se voltará para o cliente visando ouvir suas vontades. Além disso, a maioria das profissões precisará de adequação para lidar com dados”, afirma. Para ela, não é o fim do mercado como o conhecemos. “As relações nunca irão acabar nem podem ser substituídas, assim como a criatividade os valores morais e éticos. A troca de informação entre fornecedor e comprador, seja B2B ou B2C sempre acontecerá”, finaliza.

Logo, vale a pena investir em competências impossíveis de serem reproduzidas pelos robôs. Foque na sua essência. Boa sorte!




Seja nosso seguidor no Twitter (@nubevagas) e veja notícias diárias de ações, vagas de estágio e aprendizagem, palestras e muito mais. Assista nossos vídeos de dicas no YouTube e participe da nossa página no Facebook. Agora estamos também no Google+Instagram e no Linkedin. Esperamos você em nossas redes sociais!

O Nube também oferece cursos on-line voltados para a qualificação profissional de estagiários e aprendizes. Basta acessar o link www.nube.com.br/ead. Todos os serviços para o estudante são gratuitos. Já instalou nosso aplicativo "Nube Vagas" em seu celular? Com ele você será notificado a cada nova oportunidade. Disponível na Apple Store e Play Store.

Compartilhe