Quanto mais o tempo passa, mais se valoriza a questão da cultura organizacional. Certamente, ela está diretamente conectada a um fator fundamental para um time de alta performance: a motivação. Promover um ambiente agradável para todos pode ser um desafio. Quer saber como fazer isso? Então leia esta matéria!

As novas gerações têm buscado cada vez mais lugares onde se sintam satisfeitos para trabalhar. Para entender quais pontos mais incomodam os jovens no ambiente profissional, o Nube fez uma pesquisa e perguntou: “o que mais desmotiva uma equipe?”. Com mais de 12 mil participantes, as alternativas “mentiras e desrespeito” e “falta de comunicação” obtiveram destaque, com 38% e 26% dos votos, respectivamente. Esse dado pode favorecer uma organização preocupada com esse aspecto.

Manter uma política de respeito pode favorecer - e muito - o desempenho de um colaborador. Para Guilherme Marback, sócio-diretor na empresa Crescimentum, em São Paulo, cuidar disso gera benefícios fundamentais e a falha está em não enxergar essas vantagens. “Não se reconhece a relação direta da cultura organizacional com os resultados do negócio”, expõe.

Para Marback, é possível melhorar essa questão com um modelo de gestão por meio dos sete níveis de consciência, elaborado a partir da hierarquia das necessidades, de Maslow. Com ele, é possível entender os estágios de desenvolvimento psicológico dos indivíduos nos seguintes níveis: sobrevivência, relacionamento, autoestima, transformação, coesão interna, fazer a diferença e serviço”, explica.

Para ele, quando ponderamos as organizações e os indivíduos a partir desse método, podemos localizar o foco de atenção pela distribuição dos valores nos sete níveis. “Isso caracteriza não só o jeito de ser da empresa, mas onde predomina a atenção operativa dos líderes”, defende. Para ele, esse conjunto de ideias “encurta o caminho de compreensão dos aspectos culturais, apontando direto aos valores”, finaliza.

De fato, favorecer sua imagem e transmiti-la aos seus colaboradores é vital. Jéssica Guimarães estuda química na Universidade Estadual de Campinas, a Unicamp. Para ela, só quando há o fortalecimento desse aspecto, existe o sentimento de unidade e pertencimento de todos os funcionários e estagiários em uma instituição. “Isso favorece o desenvolvimento profissional e também os resultados”, acredita.

Portanto, atente-se a esse aspecto e promova a melhoria dos resultados de seu time! Conte com o Nube sempre.

Seja nosso seguidor no Twitter (@nubevagas) e veja notícias diárias de ações, vagas de estágio e aprendizagem, palestras e muito mais. Assista nossos vídeos de dicas no YouTube e participe da nossa página no Facebook. Agora estamos também no Google+Instagram e no Linkedin. Esperamos você em nossas redes sociais!

O Nube também oferece cursos on-line voltados para a qualificação profissional de estagiários e aprendizes. Basta acessar o link www.nube.com.br/ead. Todos os serviços para o estudante são gratuitos. Já instalou nosso aplicativo "Nube Vagas" em seu celular? Com ele você será notificado a cada nova oportunidade. Disponível na Apple Store e Play Store.

Compartilhe