O currículo profissional é a porta de entrada do candidato para o mundo corporativo Por isso, merece bastante atenção. Nessa matéria, listamos algumas dicas importantes para não errar. Veja e mantenha uma boa imagem perante os recrutadores.

Para o coach de carreira e professor de gestão de pessoas da FGV Campinas, Jundiaí, Piracicaba e Americana, Vagner Sandoval, o mercado de trabalho já dá sinais de retomada da economia. “Portanto, é hora de ir à luta por uma vaga, sem desanimar”, incentiva.

Para ensinar a melhor maneira de explorar habilidades e competências, o especialista dá dicas e recomenda a melhor maneira de montar um documento do tipo. “Falar a verdade é essencial. Os entrevistadores vão testar você e qualquer exagero, omissão ou mentira pode acabar com suas chances. Se não fala inglês, não fez determinado curso ou não tem experiência, é melhor não incluir”, alerta.

Hoje, a foto deve ser colocada somente se for solicitada. Também não se data e assina o documento. Números de CPF e RG, ou mesmo outros, como tipo da carteira de habilitação, também só são usados se forem pedidos. Experiência em pacote Office e específicos para cada área de atuação devem ser incluídos em currículos com objetivos nessas vagas, como as de informática e tecnologia.

Veja outras dicas:

Quem você é?: insira seu nome completo, data de nascimento, estado civil, endereço completo, telefones, e-mail e redes sociais. A preferência de contato para redes sociais é o LinkedIn, então, mantenha seu perfil atualizado e atrativo.

Qual seu objetivo?: coloque apenas o cargo ou o ramo no qual deseja atuar. Não é preciso usar palavras rebuscadas, como se escrevesse um ofício, nem encher linguiça

Formação: comece pela escolaridade mais recente e, caso seja graduado, não cite o ensino médio e fundamental. Explique o curso concluído, nome da instituição e ano de conclusão.

Experiência profissional: inclua cargo, nome da empresa, ano de entrada e saída, além das atividades desenvolvidas. Caso esteja em busca do primeiro emprego, vale a pena colocar os estágios realizados, serviços voluntários ou atividades desenvolvidas para trabalhos acadêmicos. Se tiver prêmios ou algum reconhecimento por suas ações, destaque isso nessa seção.

So, do you speak English?: cada vez mais as vagas estão exigindo pré-requisitos indispensáveis. A fluência em um segundo idioma é um deles. Por isso, coloque o nível de entendimento na escrita e na fala.

Enfim, faça pelo menos três correções. “Um bom currículo perde seu valor diante de erros de português ou de digitação”, explica Sandoval. Peça, inclusive, ajuda para essa etapa. “No mais, não desista de buscar, de procurar, de estudar e se manter competitivo”, conclui.

Helenice Resende atua como selecionadora no Nube e recomenda: “levamos no máximo 30 segundos para avaliar um currículo. Portanto, a principal dica é mantê-lo visualmente organizado, com clareza, para conseguimos captar com agilidade todos os dados necessários”.

Pronto para rever seu perfil e passar a concorrer a diversas vagas? Acredite em seu potencial e boa sorte!


Seja nosso seguidor no Twitter (@nubevagas) e veja notícias diárias de ações, vagas de estágio e aprendizagem, palestras e muito mais. Assista nossos vídeos de dicas no YouTube e participe da nossa página no Facebook. Agora estamos também no Google+Instagram e no Linkedin. Esperamos você em nossas redes sociais!

O Nube também oferece cursos on-line voltados para a qualificação profissional de estagiários e aprendizes. Basta acessar o link www.nube.com.br/ead. Todos os serviços para o estudante são gratuitos. Já instalou nosso aplicativo "Nube Vagas" em seu celular? Com ele você será notificado a cada nova oportunidade. Disponível na Apple Store e Play Store.

Compartilhe