A partir de 2.020, as escolas brasileiras terão de incluir as habilidades socioemocionais no currículo, conforme prevê a nova Base Nacional Comum Curricular (BNCC). Atualmente, existem projetos e iniciativas voltados para o desenvolvimento dessas competências nas instituições de ensino. Porém, os estudos no país capazes de comprovar seu impacto no comportamento dos estudantes, ainda são bem escassos.

Para elaborar a primeira pesquisa de avaliação em larga escala por aqui, a UFRJ (Universidade Federal do Rio de Janeiro) acompanhou, durante o período de um ano, um grupo de 9,6 mil alunos. Com idade entre 10 e 17 anos, eles participaram de um programa estruturado de aprendizagem o Programa Semente.

No início do ano letivo de 2017, os educandos distribuídos tiveram acesso a uma plataforma on-line, na qual responderam a um questionário com 45 perguntas. No final do ano passado, o mesmo grupo teve acesso a mesma avaliação, após quase um ano de experiência com o projeto em sala de aula.

Os dados tabulados indicaram um aumento significativo de 6,7% na melhora do comportamento. Analisando cada item, a magnitude das mudanças variou de 2,3% (Empatia Cognitiva Emocional) até 13,9% (Autocontrole). O Autoconhecimento (13,5%) e as Habilidades Sociais (7,2%) completam o pódio com os maiores níveis de melhoria. “O Programa Semente, em nível nacional, foi capaz de ampliar os níveis de habilidades socioemocionais em todas as facetas”, afirmou o pesquisador Bruno Damásio, do Departamento de Psicometria da UFRJ e responsável pelo estudo.

Celso Lopes de Souza é médico psiquiatra e educador e avalia os dados como animadores. “Os docentes evoluíram muito e mostraram como estamos no caminho correto. Não adianta apostar em algo pouco ou nada funcional. Educação requer esse tipo de cuidado”, enfatizou.

Você apoia esse tipo de iniciativa? Deixe seu comentário em nossas redes sociais!

Seja nosso seguidor no Twitter (@nubevagas) e veja notícias diárias de ações, vagas de estágio e aprendizagem, palestras e muito mais. Assista nossos vídeos de dicas no YouTube e participe da nossa página no Facebook. Agora estamos também no Google+Instagram e no Linkedin. Esperamos você em nossas redes sociais!

O Nube também oferece cursos on-line voltados para a qualificação profissional de estagiários e aprendizes. Basta acessar o link www.nube.com.br/ead. Todos os serviços para o estudante são gratuitos. Já instalou nosso aplicativo "Nube Vagas" em seu celular? Com ele você será notificado a cada nova oportunidade. Disponível na Apple Store e Play Store.

Compartilhe