Preparar aulas, manter a disciplina dos estudantes em classe, sem deixar de estimulá-los a serem criativos e autônomos, pesquisar conteúdos inéditos para as atividades e corrigir lições e provas. Essas são apenas algumas das tarefas rotineiras dos professores. Aliado a isso, há o fato de eles precisarem adquirir e renovar seus conhecimentos com frequência para acompanhar as transformações do mundo moderno. Se você é estudantes de letras e quer ter sucesso na carreira como professor de idiomas, ou busca uma vaga como estagiário na área, conheça as novas tecnologias e tenha sucesso.

O surgimento de tecnologias digitais voltadas para a área educacional e a rápida democratização de aplicações e plataformas específicas chegaram para auxiliar, com boas opções gratuitas.

Veja abaixo uma seleção de sites e apps, feita especialmente por Alberto Costa, sênior assessment manager de Cambridge Assessment English, departamento da Universidade de Cambridge, especializado em certificação internacional de língua inglesa e preparo de educadores.

The digital Teacher: a plataforma on-line te convida a se autoavaliar levando em consideração a familiaridade com as tecnologias do ambiente da educação. Por meio de um teste composto por 53 questões, é gerado um resultado chamado de Digital Framework, o qual identifica o nível pessoal de habilidades, em seis competências-chave: mundo, sala de aula e professor digital, design, entrega e avaliação da aprendizagem. Os tópicos abordam desde produtividade, aspectos legais e gerenciamento das informações, até colaboração, curadoria, integração entre canais de ensino e avaliação. A partir desse panorama são indicadas sugestões de caminhos para o desenvolvimento profissional, como leituras, webinars, eventos, entre outros recursos, e também dicas práticas como apps e soluções em nuvem.

Weekly: é uma ferramenta feita para auxiliar a elaboração de planos de ensino, usando conteúdos feitos pelos pesquisadores de Cambridge Assessment English e dos acadêmicos da Universidade de Cambridge, sem nenhum custo e de forma instantânea. A partir da definição do nível de inglês, do tempo disponível e quais competências se quer dar mais enfoque, o sistema elabora automaticamente um cronograma estruturado com materiais teóricos, dicas de webinars, games e outras aplicações, além da indicação de tarefas específicas.

Education Labs: criada pela Microsoft, é uma plataforma repleta de recursos capazes de ajudar no preparo de exercícios diversos dentro de uma matéria. É possível criar, por exemplo, um modelo de problema, cujos educandos precisam resolver e, automaticamente, é gerada uma série de exercícios.

Google Classroom: a partir de um e-mail do domínio, é possível criar uma sala virtual, adicionar os estudantes também pelo endereço eletrônico e elaborar tarefas personalizadas com data de conclusão para ficar marcada na agenda compartilhada da turma. A entrega acontece por meio dos documentos anexos ou ainda pelas alternativas como o Forms, no qual quem leciona pode fazer uma pergunta (dissertativa ou de múltipla escolha) e a resposta já fica automaticamente registrada.  

Write&Improve: a pessoa escolhe um tema, escreve seu texto no idioma e submete a um sistema, o qual retorna um feedback, em segundos, dos pontos de melhoria em termos de gramática, vocabulário e ortografia. A partir disso, o usuário pode refazer sua redação e submeter à correção novamente. O progresso é acompanhado em um gráfico, contendo a quantidade de vezes na qual o conteúdo foi reescrito e sua evolução em termos de nível.

Karin Heuert Galvão, tem 34 anos e é professora de inglês. Segundo ela, a tecnologia faz parte de sua rotina profissional de modo intenso e extenso. “Trabalhar sem o uso desse recurso é simplesmente nos privar do desenvolvimento, do acesso às informações e da atualização no mercado”, explica. Ela direciona 90% de suas aulas de modo on-line e, por isso, conta precisar de plataformas estáveis e confiáveis para auxiliar na entrega de um ensino de qualidade. “Precisamos selecionar a melhor opção para o perfil dos discentes, algo capaz de agregar ao processo de aprendizagem”, enfatiza.

Gostou das dicas? Conte com o Nube!  

Seja nosso seguidor no Twitter (@nubevagas) e veja notícias diárias de ações, vagas de estágio e aprendizagem, palestras e muito mais. Assista nossos vídeos de dicas no YouTube e participe da nossa página no Facebook. Agora estamos também no Google+Instagram e no Linkedin. Esperamos você em nossas redes sociais!

O Nube também oferece cursos on-line voltados para a qualificação profissional de estagiários e aprendizes. Basta acessar o link www.nube.com.br/ead. Todos os serviços para o estudante são gratuitos. Já instalou nosso aplicativo "Nube Vagas" em seu celular? Com ele você será notificado a cada nova oportunidade. Disponível na Apple Store e Play Store.

Compartilhe