Em um mesmo ambiente, há pessoas de diferentes idades, comportamentos e opiniões, as quais precisam interagir entre si. Infelizmente, essa questão é a causa  de diversos conflitos. Se isso acontece em situações comuns, quem dirá dentro de uma empresa. Lidar com pessoas não é fácil e ter a habilidade de trabalhar em equipe é um grande requisito. Entenda!

Um time para obter sucesso e concretizar suas metas com eficiência, precisa estar conectado e em harmonia. Contudo, saber lidar com as divergências se torna um desafio. A diretora e consultora da MZ Consulting, especializada em gestão de pessoas e dinâmica dos grupos, Mariana Zuin, de Campinas, atrela essa dificuldade ao fato de sermos resultado de uma construção com base em valores, conceitos e ideias, as quais refletem nossas ações.

A partir disso, a coach aconselha: “precisamos nos abrir e observar: o ‘nosso certo’ é diferente do ‘certo do outro’, porque a história dele ensinou outros formatos de comportamento”. Segundo a mesma, é o momento ideal para treinar a empatia e ter a capacidade de olhar o modus operandi do outro como mais valor. Quando isso não acontece, ocorrem as rupturas relacionais, e certamente, o rendimento do grupo cai.

Pensando nisso, a especialista separou algumas atitudes para se tomar hoje e ajudar no bom relacionamento!
 
- Escute: saiba ouvir a posição alheia, com compaixão e leveza. Deixe de lado os downloads mentais de julgamentos os quais bloqueiam nossa escuta. Lembre-se: escutar é respeitar e compreender, e não necessariamente concordar.

- Tenha equilíbrio emocional: principalmente, para não julgar o outro, pensando: ele é não é um ser humano igual a mim e vem de outra história.

- Alinhe expectativas: tenha em mente os assuntos importantes para você. Liste quais ideias quer apresentar, mas também prepare os pontos de possível negociação. Vá aberto para encontrar uma 3ª opção.

- Faça combinados:  ao sugerir algo, peça devolutivas, para você garantir se estão “na mesma página” do acordo. Clareza na comunicação é sempre o X da questão e, se não garantida, é o “câncer” do relacionamento interpessoal.

- Aproveite as diferenças: esteja genuinamente aberto na interface com o “outro diferente”, pense: eu aprendo com ele e estar ao seu lado vai me trazer bons aprendizados.


A estagiária na Itaú Unibanco, Ana Verginia Bento, acredita na composição de momentos fáceis e difíceis, mas há valores adquiridos mais importantes. “Essa experiência agrega no meu desenvolvimento pessoal e profissional, ao expandir meus conhecimentos e ajudar a lidar com pessoas totalmente diferentes do meu perfil”. Nos momentos mais complicados, ela busca ajudar a equipe a chegar em um consenso, pois isso leva um projeto a obter sucesso.

E você? Como vem praticando essa competência em seu estágio, aprendizagem ou trabalho? Compartilhe com o Nube!

Seja nosso seguidor no Twitter (@nubevagas) e veja notícias diárias de ações, vagas de estágio e aprendizagem, palestras e muito mais. Assista nossos vídeos de dicas no YouTube e participe da nossa página no Facebook. Agora estamos também no Google+Instagram e no Linkedin. Esperamos você em nossas redes sociais!

O Nube também oferece cursos on-line voltados para a qualificação profissional de estagiários e aprendizes. Basta acessar o link www.nube.com.br/ead. Todos os serviços para o estudante são gratuitos. Já instalou nosso aplicativo "Nube Vagas" em seu celular? Com ele você será notificado a cada nova oportunidade. Disponível na Apple Store e Play Store.

Compartilhe