Você tem dormido bem? Muitas vezes, na nossa realidade, a resposta a essa pergunta é não. Passar pouco tempo descansando pode atrapalhar seu rendimento no estágio, isso porque, quando você está com sono, sua atenção e sua disposição ficam muito mais frágeis. Quer saber como é possível reverter a situação e acabar com a constante briga com seu relógio? Então veja as dicas do Nube nesta matéria!

De acordo com estudo publicado na revista Science Advances, ainda em 2016, brasileiros, japoneses e cingapurianos têm as noites mais curtas do mundo. Para chegar a esse resultado, analisaram as médias de tempo direcionadas à reposição de energias por dia, em diversas regiões do mundo, com um aplicativo de celular. Em Cingapura, por exemplo, dorme-se em média, 7h24m por noite. Já no Japão, 7h30m. No Brasil, são reservadas 7h36m. Sem surpresa, esses dados estão conectados diretamente com a hora de ir para a cama. O hábito, nesses países, é de ir deitar tarde. Nas três regiões, é comum ficar acordado até quase meia noite. Como muitos têm uma rotina iniciada logo pela manhã, isso pode atrapalhar a qualidade do seu repouso.

Para Renata Federighi, consultora do sono da Duoflex, é fundamental reservar pelo menos 8 horas diárias para repor sua vitalidade. “Ficar acordado por muito tempo gera mau-humor, cansaço, incapacidade de concentração, dificuldade para tomada de decisões e favorece a liberação do principal hormônio relacionado ao estresse, o cortisol”, aponta. De acordo com a especialista, também aumenta o risco de doenças. “O sistema imunológico precisa de energia para responder às ameaças com eficiência. Doenças como obesidade, diabetes e hipertensão, podem ser desencadeadas em longo prazo”, afirma.

Ainda segundo Renata, sua postura impacta diretamente em uma noite mal aproveitada. “É importante reavaliar alguns hábitos. Manter a posição correta é um dos cuidados capazes de evitar problemas sérios na coluna cervical e favorecer seu relaxamento”. Para ela, o ideal é manter a coluna sempre alinhada com o tronco. “A posição indicada é a de lado, sendo aconselhável sempre utilizar dois travesseiros: um para apoio da cabeça e o outro para ser usado entre os joelhos”.

Renan Brito estuda engenharia de produção na Escola Superior de Administração, Marketing e Comunicação, ESAMC, em Campinas e já estagia na área. Para ele, ir para a cama cedo melhora seu desempenho. “Quando não durmo bem, fico cansado e menos disposto”, afirma. Portanto, o universitário procura sempre se manter organizado. “Tento descansar no período da tarde. Para mim, é mais fácil, pois minha carga horária é reduzida, porque sou estagiário”, constata.

Agora, você já sabe como é importante cuidar desse aspecto para desenvolver suas capacidades como profissional e chamar a atenção em seu estágio ou aprendizagem. Quanto mais dedicado e produtivo você for, maior será seu destaque! Portanto, o Nube te deseja uma boa noite e bons sonhos!

Gostou das dicas? Então comente em nossas redes sociais!

Seja nosso seguidor no Twitter (@nubevagas) e veja notícias diárias de ações, vagas de estágio e aprendizagem, palestras e muito mais. Assista nossos vídeos de dicas no YouTube e participe da nossa página no Facebook. Agora estamos também no Instagram e no Linkedin. Esperamos você em nossas redes sociais!

O Nube também oferece cursos on-line voltados para a qualificação profissional de estagiários e aprendizes. Basta acessar o link www.nube.com.br/ead. Todos os serviços para o estudante são gratuitos. Já instalou nosso aplicativo "Nube Vagas" em seu celular? Com ele você será notificado a cada nova oportunidade. Disponível na Apple Store e Play Store.

Compartilhe