Chega o fim do mês e com ele a grande preocupação: sobrou dinheiro? Com contas a pagar, entrar em situação de endividamento é desagradável para qualquer um. Seja você um estagiário, aprendiz ou efetivo, não perca tempo e comece agora a administrar sua vida financeira. Uma alternativa? Ter o bom senso e planejamento. Leia mais!

Para os brasileiros esse é de fato um grande problema. Segundo uma pesquisa realizada pelo SPC Brasil - Serviço de Proteção ao Crédito e pela CNDL - Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas, cerca de 45% das pessoas não conseguem ter controle financeiro. De cada dez entrevistados, oito não conseguiram pagar todas as contas em 2017.

A educadora financeira e diretora da Fharos Contabilidade & Gestão Empresarial, Dora Ramos,  relaciona essa situação com os desembolsos não elencados, ou até mesmo supérfluos, os quais não são colocados no planejamento. Portanto, em algumas situações rotineiras, extrapolamos. “Hábitos como o cafezinho do pré-expediente, o salgado da tarde ou mesmo a cervejinha do happy hour são menosprezados nas finanças pessoais, mas estão entre os principais gastos não controlados”.

Com isso, cobrir esse e os outros custos se torna uma tarefa difícil. Rodrigo Borges, da área administrativa da Trigeo Engenharia Geotécnica, de São Bernardo do Campo, confessa: “não controlo, consumo muito com comidas e roupas e no fim do mês quase não sobra nada”. Ele revela sua vontade de mudar essa situação e qual saída tem em mente: montar uma planilha com administração de orçamentos. Assim, conseguiria economizar e sentiria um grande alívio.

Esse método é exatamente o mesmo sugerido pela professora. Para evitar essa situação, listar todas as despesas feitas pode ser uma ótima estratégia. A organização é chave para o controle, e com ela, é possível visualizar quais atividades podem ser poupadas e quais serão corrigidas. “Fazer anotações semanalmente é uma boa alternativa para se ter um relatório completo”, indica.

Portanto, se programe! Mantenha o foco e evite extrapolar nessas pequenas atitudes. Ter o bom senso é fundamental. A professora completa: “evitar gastos dispensáveis pode ser o ponto principal para a conquista de um sonho ou mesmo para escapar de ficar endividado”.

Quer dicas de como se organizar? Com tecnologia ao nosso favor, diversos sites, aplicativos e plataformas surgem como soluções para nossos problemas. Uma alternativa é o GuiaBolso, o qual, de forma automática, calcula suas finanças. Há também o Mobills, um aplicativo para comparar os gastos anuais e mensais.

Outra sugestão é utilizar a planilha disponibilizada pelo Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor (Idec), basta salvar no seu computador e usar sem precisar de Internet. Ela tem um espaço reservado para as previsões do próximo ano.

E você? Já começou a se preparar? Compartilhe com o Nube como você faz para não ficar com dívidas!

Seja nosso seguidor no Twitter (@nubevagas) e veja notícias diárias de ações, vagas de estágio e aprendizagem, palestras e muito mais. Assista nossos vídeos de dicas no YouTube e participe da nossa página no Facebook. Agora estamos também no Google+Instagram e no Linkedin. Esperamos você em nossas redes sociais!

O Nube também oferece cursos on-line voltados para a qualificação profissional de estagiários e aprendizes. Basta acessar o link www.nube.com.br/ead. Todos os serviços para o estudante são gratuitos. Já instalou nosso aplicativo "Nube Vagas" em seu celular? Com ele você será notificado a cada nova oportunidade. Disponível na Apple Store e Play Store.

Compartilhe