Em alguma etapa de nossa jornada, surgirão questionamentos sobre os rumos escolhidos para a profissão. Esse momento pode vir a tona quando se está na faculdade, no estágio, ou até mesmo, com muitos anos de estrada. Antes de tomar essa ou qualquer outra decisão, é importante descobrir se está preparado e se esse é o período ideal. O Nube separou algumas dicas para te ajudar!

Um processo de mudança nunca ocorre de forma fácil. Ainda mais, quando está atrelada a fatores determinantes de nosso futuro, como o segmento profissional. Embora seja uma atitude complexa, esse risco, muitas vezes, traz o bem estar e a sensação de felicidade. Porém, antes de optar por trocar de área, é preciso tomar algumas atitudes para não se arrepender depois.

Em primeiro lugar, a coach especializada em transição de carreira, Jeane Press, de Campinas, aconselha: “pense racionalmente sobre o assunto e entenda os seus motivos reais”. Assim, você conseguirá visualizar melhor e compreender quais são as razões por trás disso. De acordo com ela, esses são os quatro mais comuns:

1. Insatisfação e não identificação: é quando não se encontra sentido em suas funções. Ocorre quando a escolha foi tomada precipitadamente, levando em consideração questões não condizentes com a sua vocação ou por influência de alguém.

2. Sonho de ser o próprio patrão: muitas pessoas sonham em ter o seu negócio por possibilitar maior liberdade. Se a atividade atual não permite isso, a qualquer instante eles podem jogar tudo para o alto e começar a empreender.
 
3. Ter mais tempo livre: alguns se sentem sobrecarregados em sua ocupação e sem tempo para se dedicar a outros pilares importantes de sua vida. Eles desejam um equilíbrio entre trabalho e vida pessoal

4. Não consegue uma colocação: com a alta competitividade no mercado, se torna difícil conquistar uma oportunidade. Esse fator acaba desanimando qualquer um, seja quem está em início de carreira, como também quem já tem experiência.

Após identificar isso, o próximo passo é reconhecer quais são os seus verdadeiros anseios e motivações. “O requisito principal é autoconhecimento, para realizar a transição com tranquilidade e segurança”, indica. Com isso, a tarefa de realizar um planejamento com metas e objetivos claros, fica mais fácil. Faça levantamentos: qual o seu objetivo, os prós e contras, de qual maneira vai proceder, como vai se preparar e se você está disposto a começar tudo de novo.

O universitário Rubens Lino, já passou pelo ramo de contabilidade, audiovisual e, hoje, faz o curso de história. “Sou uma pessoa aberta a novas possibilidades, quando troco de área é porque quero me realizar profissionalmente”, explica. Em sua visão, isso não se resume a questão financeira, mas ao seu propósito principal: ter a oportunidade de contribuir de alguma forma para a sociedade e poder expandir o seu potencial.
                   
Seja qual for o caminho almejado, lembre-se sempre de prezar o seu bem estar e se dedicar ao máximo! Conte com o Nube!

Seja nosso seguidor no Twitter (@nubevagas) e veja notícias diárias de ações, vagas de estágio e aprendizagem, palestras e muito mais. Assista nossos vídeos de dicas no YouTube e participe da nossa página no Facebook. Agora estamos também no Google+Instagram e no Linkedin. Esperamos você em nossas redes sociais!

O Nube também oferece cursos on-line voltados para a qualificação profissional de estagiários e aprendizes. Basta acessar o link www.nube.com.br/ead. Todos os serviços para o estudante são gratuitos. Já instalou nosso aplicativo "Nube Vagas" em seu celular? Com ele você será notificado a cada nova oportunidade. Disponível na Apple Store e Play Store.

Compartilhe