A prática da meditação tem ganhado os escritórios do Brasil afora e quem já experimentou a técnica budista garante não largar mais, seja no ambiente de trabalho ou em casa. Os benefícios de incorporar o hábito à rotina vão desde maior poder de concentração, até aumento da criatividade.

Stephanie Klovrza tem 36 anos e é diretora comercial. Adepta do benefício há sete anos, ela conta como o costume revigorou sua rotina. “Percebo mais plenitude e segurança na tomada de decisões. Me sinto em paz e essa felicidade traz bons relacionamentos e, consequentemente, ótimos negócios”, incentiva. Para ela, a área na qual atua é bastante ligada a energia positiva. “Se a pessoa está bem e alegre, com certeza, venderá mais, naturalmente”, enfatiza.

Em seus ensinamentos, Geshe Kelsang, fundador da associação Nova Tradição Kadampa – União Budista Kadampa Internacional (NKT-IKBU), com atuação no Rio de Janeiro, enfatiza a importância da meditação. Para ele, a atividade pode ser aplicada na vida diária, cultivando um bom coração para ajudar os outros. Com essa ideologia, ele já estabeleceu três Programas de Estudo Kadampa únicos e mais de mil centros de meditação ao redor do mundo, treinou professores e uma florescente comunidade ordenada e criou um projeto para construir Templos Budistas em cada grande cidade do mundo.

Para quem deseja entender os efeitos da prática ao cérebro, a Editora Alaúde acaba de lançar o livro “Cérebro e meditação”. A obra retrata os diálogos entre o monge francês Matthieu Ricard – considerado o homem mais feliz do mundo, segundo pesquisadores da Universidade de Wisconsin - e o neurocientista Wolf Singer, diretor do Instituto Max Planck de Pesquisa do Cérebro (Alemanha).

Abaixo, listamos alguns benefícios obtidos por quem realiza o exercício em seu local de trabalho:

Aumenta o grau de concentração: relatório para terminar, reunião para acompanhar, projeto para desenvolver e foco nulo. A atividade ajuda a se dedicar em um objetivo específico, criando um fluxo de atenção e aqueles que meditam podem manter a sua atenção durante períodos relativamente longos, conta o monge Mathieu Ricard.

Melhora o relacionamento interpessoal: sabe aquela pessoa estourada, o famoso pavio curto? Os adeptos do budismo desconhecem essas atitudes, isso porque eles desenvolvem o autoconhecimento e a meditação aumenta a sensibilidade em relação ao outro. Ainda de acordo com o estudo feito pelo Instituto Max-Planck (Alemanha), os “burn-outs” são um resultado do desgaste emocional causado pela “fadiga da empatia”.

Aumenta a criatividade e produtividade: checar o e-mail e WhatsApp a cada cinco minutos consome seu tempo, não?! Com o hábito, você vai aumentar não apenas o rendimento no escritório como também a inovação. Ou seja, tudo terá sua hora certa para fazer.

Reduz a ansiedade: a preocupação com o futuro e o próximo passo pode tornar a rotina no mínimo estressante, por isso o exercício ajuda o indivíduo a se fixar no hoje.   

Pronto para renovar as atitudes?  Sua carreira agradece!

Seja nosso seguidor no Twitter (@nubevagas) e veja notícias diárias de ações, vagas de estágio e aprendizagem, palestras e muito mais. Assista nossos vídeos de dicas no YouTube e participe da nossa página no Facebook. Agora estamos também no Google+Instagram e no Linkedin. Esperamos você em nossas redes sociais!

O Nube também oferece cursos on-line voltados para a qualificação profissional de estagiários e aprendizes. Basta acessar o link www.nube.com.br/ead. Todos os serviços para o estudante são gratuitos. Já instalou nosso aplicativo "Nube Vagas" em seu celular? Com ele você será notificado a cada nova oportunidade. Disponível na Apple Store e Play Store.

Compartilhe