Na série “Lie to me” do canal FOX, uma equipe de profissionais especializados em comportamento humano detecta mentiras por meio das expressões das pessoas. De forma inconsciente, nosso corpo transmite informações. Logo, quando estamos em uma entrevista de emprego, mesmo tentando esconder o nervosismo, ele fica aparente. Você já percebeu isso?

Segundo um estudo realizado pelo professor Albert Mehrabian, apenas 7% da eficácia da comunicação é determinada pelas palavras, 38% pelo tom da voz e 55% provém da linguagem corporal. Essa última, é uma das mais impactantes, pois pode revelar as verdadeiras emoções das pessoas.

Ao falar em público, quanto mais você escolhe as palavras a serem ditas, mais tenso pode parecer. Fernanda Faour, psicóloga e professora de pós-graduação em coaching da Escola de Heróis, do Rio de Janeiro, explica: ”Enquanto há a repressão ou seleção da mensagem verbal, o corpo propaga pensamentos e sentimentos guardados no subconsciente”. Dessa forma, se você está inseguro, certamente sua postura revelará isso para os outros.

Cada indivíduo tem tendência a realizar determinados gestos. Para Verônica Araújo, executiva de contas do Nube, saber controlá-los depende muito de cada situação. Normalmente, ela se prepara para as entrevistas, contudo, no processo seletivo para o cargo atual, a TV Globo estava presente. “A situação mudou, eu fiquei bem mais nervosa e já não conseguia me atentar para a forma como gesticulava”, lembra a estagiária.

Nessas situações, é importante estar precavido. Fernanda ressalta a importância de praticar a auto-observação e o autoconhecimento e também de perguntar para pessoas do seu convívio como você se comunica. “Assim, alguns comportamentos indesejados podem se tornar mais conscientes e não vão te atrapalhar quando for se apresentar”, aconselha.

Além disso, a especialista sugere algumas estratégias para você se sentir mais confortável e relaxado. “Durante a entrevista, inspire e expire profundamente de forma discreta. A boa respiração é muito importante para a clareza mental e quando estiver de forma acelerada não oxigena o cérebro, provocando posturas indesejadas”, indica.

Algumas dessas atitudes inadequadas, podem ser corrigidas. Por exemplo, manter um sorriso e uma expressão mais descontraída passa segurança e apresentar uma postura ereta demonstra interesse. Logo, vá preparado, evite cruzar os braços, desviar o olhar do entrevistador ou se manter cabisbaixo.

Gostou das dicas? Mantenha a calma e você conseguirá alcançar a tão sonhada vaga!

Seja nosso seguidor no Twitter (@nubevagas) e veja notícias diárias de ações, vagas de estágio e aprendizagem, palestras e muito mais. Assista nossos vídeos de dicas no YouTube e participe da nossa página no Facebook. Agora estamos também no Google+Instagram e no Linkedin. Esperamos você em nossas redes sociais!

O Nube também oferece cursos on-line voltados para a qualificação profissional de estagiários e aprendizes. Basta acessar o link www.nube.com.br/ead. Todos os serviços para o estudante são gratuitos. Já instalou nosso aplicativo "Nube Vagas" em seu celular? Com ele você será notificado a cada nova oportunidade. Disponível na Apple Store e Play Store.

Compartilhe