Segundo um estudo da universidade norte-americana de Columbia, para cada dólar investido no desenvolvimento da inteligência socioemocional de uma criança, 11 dólares são devolvidos à sociedade. Aprender o autoconhecimento, autoconfiança e bom relacionamento com o ambiente faz a criança se tornar uma pessoa melhor e com menos tendência a sofrer de ansiedade e depressão.

Para a coach especializada pela internacional LeaderArt, Leila Arruda, uma pessoa com essas habilidades é capaz de identificar as próprias emoções com mais facilidade, e, em alguns casos, começa a controlá-las. No ambiente de trabalho, torna “o profissional capaz de se concentrar e finalizar todas as suas tarefas e obrigações, mesmo se sentido triste, ansioso ou aborrecido”, conta.

Pensando nisso, a especialista separou nove dicas para alcançar uma boa inteligência emocional:

- Tenha consciência de seus sentimentos: reconheça quando uma emoção aparecer e o porquê ela surgiu. O objetivo de entendê-la é superá-la.

- Assuma sua responsabilidade: encontrar culpados virou um hábito do ser humano. Se está sofrendo é porque alguém está te deixando triste. Se algo não deu certo, alguém conspirou contra.

- Observe e analise seu próprio comportamento: esteja atento para sua  reação frente às situações vivenciadas. Procure entender como a sua atitude impactou o seu dia e suas relações.

- Aprenda a lidar com as negativas: não temos apenas bons momentos, quando a raiva, medo e insegurança acontecem, é preciso dominá-las.

- Aumente sua autoconfiança: acredite em seu potencial, você pode vencer obstáculos e tem capacidade para superar as dificuldades e crises.

- Pressão: as cobranças surgem de todos os lados e constantemente, por isso, precisamos lidar com a tensão.

- Não tenha medo de se expressar: exponha sua opinião, porém, coloque seu pensamento de maneira racional e equilibrada.

- Desenvolva empatia: nada melhor para compreender o outro, como colocando-se na pele dele. Inverter os papéis pode ajudar a ser mais tolerante e compreensivo.

- Exercite o respeito pelo próximo: todos nós temos necessidades, limitações, direitos e deveres, por isso, é preciso reconhecer falhas e qualidades.

Para quem deseja se desenvolver mais no tema, a Coordenação Central de Extensão da PUC Rio, no Rio de Janeiro, oferece o workshop: Inteligência Emocional na Gestão Prática de Pessoas. O objetivo é promover uma reflexão a partir da exposição de conceitos e dinâmicas compartilhadas. Os interessados devem se cadastrar no link: http://www.cce.puc-rio.br/sitecce/website/website.dll/folder?nCurso=workshop:-inteligencia-emocional&nInst=cce.

Boa sorte!

Veja também:

Saiba controlar suas emoções

Você é emocionalmente inteligente?

 

Seja nosso seguidor no Twitter (@nubevagas) e veja notícias diárias de ações, vagas de estágio e aprendizagem, palestras e muito mais. Assista nossos vídeos de dicas no YouTube e participe da nossa página no Facebook. Agora estamos também no Instagram , Tiktok e no Linkedin. Esperamos você em nossas redes sociais!

O Nube também oferece cursos on-line voltados para a qualificação profissional de estagiários e aprendizes. Basta acessar o link www.nube.com.br/ead. Todos os serviços para o estudante são gratuitos. Já instalou nosso aplicativo "Nube Vagas" em seu celular? Com ele você será notificado a cada nova oportunidade. Disponível na Apple Store e Play Store.

Compartilhe