Em meio a uma rotina estressante, recessos se fazem necessários para colocar a cabeça no lugar e relaxar. Seria esse o período ideal apenas para se divertir e descansar, ou também uma boa oportunidade para ir atrás de sonhos maiores? Para responder essa questão o Nube – Núcleo Brasileiro de Estágios fez a seguinte indagação a jovens entre 15 e 26 anos, de todo o Brasil: “Como você utilizará suas férias escolares?”. O resultado mostrou preocupação com a vida profissional.

O estudo realizado com 29.770 participantes, entre 26 de junho e 7 de julho, contou com quatro opções de respostas. Para 63,21%, ou 18.819 votantes, a alternativa “vou ter mais tempo para procurar um estágio” melhor representou suas ambições. Para Lucas Fernandes, analista de treinamento do Nube, ver esse tipo de preocupação é muito positivo, pois é essencial destinar um período para uma busca mais detalhada. “A dica é ir até as organizações, conhecer diferentes espaços, conversar com pessoas, rever os amigos distantes, pois, boa parte das chances no Brasil são preenchidas por meio de indicações”, incentiva. Além disso, use também o espaço na agenda para atualizar o seu perfil em agentes de integração, colocar informações, retirar dados sobressalentes, deixando-o mais atrativo para as organizações.

Também focando na carreira, 28,85% (8.589) disseram ser a ocasião certa para “fazer cursos com o intuito de melhorar o currículo”. Uma das grandes dificuldades das corporações, na hora de contratar um profissional, é exatamente a falta de preparo dos candidatos. Mesmo com mais de 14 milhões de desempregados, ainda assim, em algumas áreas há falta de qualificação. “Muitos se acostumaram com a rotina e passaram a acreditar ser suficiente o conhecimento já adquirido”, explica o especialista. Logo, quando uma juventude percebe nos estudos algo para a vida e não somente para a empresa onde atua, ela passa a ver sentido nos novos aprendizados e se capacita com treinamentos, palestras e workshops.

Na pesquisa há também quem deseje mais espaço para si. Assim, 4,8% (1.429) revelaram: “descansarei bastante”. Segundo o analista, também é essencial ter saúde. “Parece bastante óbvio, porém em uma rotina tão acelerada como a de muitos jovens, por diversas vezes, a qualidade de vida fica em segundo ou em terceiro plano”, comenta. O repouso traz disposição e concentração, além de bem-estar psicológico, extremamente necessário na hora de ingressar no mundo corporativo. “Ou seja, é quase impossível ter sucesso em um processo seletivo se estiver com sono, desatento ou estressado”, instrui.

Por fim, 3,13% (933) afirmaram: “vou viajar ou ir a eventos culturais”. Cada vez mais, ter experiências diversas está se tornando um grande diferencial. Em momentos de crise econômica, os empreendimentos priorizam ter em seus quadros, colaboradores criativos, flexíveis e resilientes. “Esse tipo de competência não se desenvolve em cursos, não se aprende na faculdade, mas sim vivendo, se permitindo ter contato com outros indivíduos, tendo experiências diferentes, lidando com variados pontos de vista”, enfatiza Fernandes. Portanto, destinar um período para participar de projetos sociais, ir a outras cidades ou países e a museus, por exemplo, também conta pontos.

Diante de tantas boas opções, como tudo na vida, o equilíbrio é o melhor caminho. “Seja qual for o objetivo, é imprescindível manter a estabilidade entre os deveres e o lazer”, finaliza o analista.

Serviço: pesquisa revela como jovens utilizam o tempo nas férias
Fonte: Lucas Fernandes, analista de treinamento do Nube

Sobre o Nube


Desde 1998 no mercado, o Nube oferece vagas de estágio e aprendizagem em todo o país. Possui mais de 7.500 empresas clientes, 14 mil instituições de ensino conveniadas no Brasil e já colocou mais de 750 mil pessoas no mercado de trabalho. Também administra toda a parte legal e realiza o acompanhamento do estagiário e aprendiz por meio de relatórios de atividades.
 
Anualmente, são realizadas 11 milhões de ligações, enviados 3,2 milhões de SMS e encaminhados 750 mil candidatos. O banco de dados conta com 4,5 milhões de jovens cadastrados e todos podem concorrer às milhares de oportunidades oferecidas mensalmente Para facilitar a vida dos cadastrados, foi desenvolvido um aplicativo no Facebook para publicação das vagas.
 
O Nube também está presente nas principais redes sociais Twitter, Google+, Linkedin e Youtube. Com a TV Nube, oferece conteúdos voltados à empregabilidade, dicas de processos seletivos, currículos, formação profissional, entre outros. O cadastro é gratuito e pode ser feito no site www.nube.com.br.
 
Informações para a imprensa:

imprensa@nube.com.br

Compartilhe