Ser responsável por motivar a equipe, gerenciar conflitos e administrar o trabalho, não é tarefa fácil. Liderança é uma das características mais procuradas pelas empresas nos dias de hoje. Porém, quando esse perfil é desenvolvido rapidamente, grande parte das pessoas assumem a chefia sem preparo.  Veja nesta matéria como não agir em situações como essa e seja um líder admirado por todos.

De acordo com uma pesquisa realizada em 2012 pela Robert Half, empresa de recrutamento especializado, 9 em cada 10 empresas brasileiras possuem funcionários com espírito de liderança, porém acabam prejudicando, ao invés de ajudá-las.
 
A seguir, estão alguns comportamentos indicadores de despreparo. Veja se você comete algum dos erros:
 
- Desmotivado: mesmo em período de crise, é importante assumir uma postura de ânimo para incentivar o time. Ao mesmo tempo, estar motivado não significa ser inatingível e parecer não errar.
 
- Estressado: bons profissionais sabem o equilíbrio entre ser acelerado e ser paranóico. Pessoas estressadas geralmente ficam obcecadas com coisas as quais não podem controlar, centralizam tudo em si mesmas e se sobrecarregam facilmente. Essa síndrome não é sinonimo de cansaço, mas sim uma defesa natural do organismo, indicando algo errado.  

- Falar muito e ouvir pouco: ser capaz de ouvir, mesmo algo negativo, sem levar para o lado pessoal, gera confiança. Quem fala demais atrapalha o ambiente de trabalho. Falar o necessário na hora certa e da maneira certa, é o ideal para não incomodar os demais com reclamações ou elogios em excesso, cobrando apenas quando preciso.
 
- Ser mandão: geralmente pessoas mandonas são impacientes e perfeccionistas. Saber dar ordens no tempo certo e do jeito certo é primordial, pois se torna mais difícil conviver com uma pessoa querendo o controle de todas as coisas o tempo todo. Não é preciso provar a liderança para ninguém, logo, dar ordens o tempo todo é desnecessário. Dar liberdade aos funcionários e deixá-los assumir o controle também ajuda no processo.
 
- Arrogante: para controlar não precisa desrespeitar, desmerecer ou parecer maior e melhor. A arrogância destroi relacionamentos e empresas. Seja grato, aberto à opinião do outro, mais flexível.
 
No caso dos jovens, ao serem inseridos no mundo corporativo, geralmente são ágeis, têm iniciativa e respostas aos problemas. “Costumam se destacar e conseguirem rápida ascensão profissional, representando um grande estímulo para quem está no início de carreira”, comenta Elizabeth Augustinho, pró-reitora adjunta de ensino de graduação no Instituto Federal do Rio de Janeiro (IFRJ).

O gestor é quem as pessoas procuram quando há um problema. Então, independentemente da velocidade com a qual o cargo foi assumido, deve haver preparação, pois assim, diminuem as chances de prejudicar os colaboradores e de não gerar bons resultados.

Esperamos tê-lo ajudado, fique sempre atento ao nosso portal para mais assuntos como esse. Boa sorte em sua carreira!

Seja nosso seguidor no Twitter (@nubeestagios) e veja notícias diárias de ações, vagas de estágio e aprendizagem, palestras e muito mais. Assista nossos vídeos de dicas no YouTube e participe da nossa página no Facebook. Agora estamos também no Google+Foursquare e no Linkedin. Esperamos você em nossas redes sociais!

O Nube também oferece cursos on-line voltados para a qualificação profissional de estagiários e aprendizes. Basta acessar o link www.nube.com.br/ead. Todos os serviços para o estudante são gratuitos.

Estamos no Linkedin com mais dicas e matérias focadas para gestores.

Se você tiver dúvidas sobre a contratação de estagiários e aprendizes, solicite um contato da nossa equipe.

Interessado em aprender mais? O Nube também oferece cursos on-line voltados para a qualificação profissional de gestores, estagiários e aprendizes.

Compartilhe