Especialista mostra o passo a passo para uma escolha certeira.

Escolher A carreira não é tarefa fácil. Além de avaliar as demandas do mercado e a satisfação pessoal, muitas vezes, o estudante ainda precisA lidar com algum sonho ou cobrança vinda dos parentes mais próximos. Para facilitar este momento, o Nube listou alguns passos para uma decisão certeira.
Seguir o mesmo caminho dos pais tem seus prós e contras. “Quando a vontade vem de dentro e não como uma exigência, o caminho pode ser facilitado pela disponibilidade de materiais de pesquisa, livros e revistas já presentes na casa”, explica Henrique Ohl, analista de treinamento do Nube. Para ele, também é possível contar com a ajuda para os trabalhos acadêmicos e com o networking já existente com profissionais do mesmo ramo, para facilitar o acesso ao mercado de trabalho.
Contudo, se a opção for algo imposto, uma trajetória de sucesso pode ser interrompida. “Muitos progenitores competem e cobram além do limite de seus filhos, inibindo seus verdadeiros dons e gerando desmotivação em suas vidas”, reforça Ohl.

Por isso, para uma decisão mais segura, é preciso refletir entre os motivos da escolha. Entre eles:
- Salários;
- Disponibilidade de emprego;
- Custos envolvidos (possível moradia, mensalidade etc);
- Distância da instituição de ensino;
- Preferências e gostos pessoais;
- Aptidões (habilidades e pontos fortes);
- Tempo de duração do curso.

Atualmente, segundo dados do Inep/MEC 2013, um total de 12.391 cursos universitários estão disponíveis aos brasileiros, nas 2.391 instituições de ensino de nível superior. Ou seja, opções não faltam. Dentre aqueles com mais vagas de estágio, segundo um levantamento do Nube realizado em 2014, estão: Administração, ofertando 16,8% das oportunidades; Direito (7,3%); Comunicação Social (6,2%), Informática (5,2%), Engenharias (5,1%) e Pedagogia (4,2%).
Entretanto, para ser bem-sucedido não existe fórmula mágica. “Seja qual for a área eleita para se especializar, é fundamental dedicação e prazer. Tendo isso, tudo acontece mais facilmente”, incentiva o especialista.
Nos dias 8 e 9 de novembro, cerca de 9 milhões de estudantes vão prestar o Enem, para conquistar uma vaga na universidade dos sonhos. “Estar seguro quanto a profissão ideal para o futuro, já é um passo a frente de muitos concorrentes. Portanto, a dica final é avaliar bem as escolhas e confiar em seu potencial!”, finaliza Ohl.

Compartilhe