O Nube realizou uma pesquisa, entre janeiro e dezembro de 2013, para saber quais as principais competências exigidas pelas empresas no momento da seleção de seus estagiários. Foram analisados 13.647 candidatos, para 913 vagas diferentes. O estudo englobou diversas carreiras e oportunidades de todos os níveis. Estudantes de ensino médio foram convocados para 4,3% desses processos seletivos, técnico (4,7%), superior e tecnólogo (91%). Comunicação e  Trabalho em Equipe são as aptidões mais consideradas durante uma dinâmica de grupo.

Português, comprometimento e postura foram apontados como as características cobradas por 100% das organizações. “Ou seja, quem não tem domínio da língua nativa, não se comporta da maneira esperada pelo mercado de trabalho e mostra desinteresse, já nem passa para as demais etapas”, afirmou Erick Sperduti, coordenador de recrutamento e seleção do Nube.

Quem alcança o resultado positivo nos três itens é então avaliado, principalmente, por suas competências, solicitadas por 87,6% das corporações em vagas para universitários. As mais avaliadas: trabalho em equipe (67,9%), iniciativa (63,7%) e comunicação (54,5%). “Essas são habilidades essenciais. Os colaboradores são o principal cartão de visitas em uma empresa. Por isso, comunicar-se bem é imprescindível. Ser proativo e saber ouvir a opinião dos demais, bem como conseguir executar suas tarefas em congruência com o grupo é o grande diferencial de um time eficiente ou não”, explica Sperduti.

Já dos alunos de nível médio e médio técnico, espera-se além de comunicação (58,3% e 54,3% respectivamente) e trabalho em equipe (37,5% e 51,4%), muita orientação para análise (mais de 70% para ambos). Ou seja, saber lidar com dados e detalhes.

Em seguida, vem as exigências por informática. Ao todo, 67% das vagas pedem, pelo menos, o pacote Office para graduandos, 39,5% solicitam o mesmo para os estudantes de médio técnico e 38,5% para quem está no ensino médio.

Idiomas entram na lista para candidatos do nível superior e técnico. Inglês é o principal e é cobrado por 57,2% das organizações em busca de universitários. Porém, 6,7% delas também pedem conhecimentos em espanhol. Já estudantes do técnico, devem desenvolver a língua inglesa, se quiserem ter as portas abertas em mais de 23,3% das corporações.

“O domínio das plataformas tecnológicas e dos idiomas não é surpresa. Vivemos em um mundo globalizado e procuramos cada vez mais avanços. Por isso, quem quiser sair na frente dos demais, precisa se preocupar em cumprir esses requisitos desde cedo. Afinal, quanto antes o aprendizado for adquirido, mais fácil será de trabalhá-lo no mundo corporativo”, conclui o coordenador.

Seja nosso seguidor no Twitter (@nubeestagios) e veja notícias diárias de ações, vagas de estágio e aprendizagem, palestras e muito mais. Assista nossos vídeos de dicas no YouTube e participe da nossa página no Facebook. Agora estamos também no Google+Foursquare e no Linkedin. Esperamos você em nossas redes sociais!

O Nube também oferece cursos on-line voltados para a qualificação profissional de estagiários e aprendizes. Basta acessar o link www.nube.com.br/ead. Todos os serviços para o estudante são gratuitos.

Seja nosso seguidor no Twitter (@nubevagas) e veja notícias diárias de ações, vagas de estágio e aprendizagem, palestras e muito mais. Assista nossos vídeos de dicas no YouTube e participe da nossa página no Facebook. Agora estamos também no Google+Instagram e no Linkedin. Esperamos você em nossas redes sociais!

O Nube também oferece cursos on-line voltados para a qualificação profissional de estagiários e aprendizes. Basta acessar o link www.nube.com.br/ead. Todos os serviços para o estudante são gratuitos. Já instalou nosso aplicativo "Nube Vagas" em seu celular? Com ele você será notificado a cada nova oportunidade. Disponível na Apple Store e Play Store.

Compartilhe