Ter relação com empresas e órgãos governamentais de outros países e trabalhar com a compra e venda de produtos é um dos principais atrativos dessa profissão. Quem gosta de estudar outras línguas e se sente a vontade para lidar com administração e negociação, com certeza terá sucesso nessa área. Veja outras características sobre Comércio Exterior e descubra de uma vez por todas se esse é o seu caminho.

Para Dibian Chuves, estudante do curso, a escolha não poderia ter sido melhor. Ela contou em entrevista ao Facebook do Nube, o fato de a opção dessa carreira ter começado a aflorar aos 14 anos, quando iniciou seu aprendizado de inglês. “Pensei em várias ocupações ligadas a línguas, como Tradutor e Intérprete ou Secretariado, mas não conseguia me ver futuramente em nenhuma delas”. No entanto, após algumas pesquisas, não foi difícil descobrir qual era seu dom. “A importação e exportação sempre me fascinou. Gostava muito desse meio de negócios e logo me interessei sobre os tratados, as parcerias e também a questão de conhecer novas pessoas com culturas diferentes”, afirma.

Assim, ingressou na universidade onde diz ter aprendido matérias muito importantes. Dentre elas, destaca-se a matemática, a qual treina os alunos para serem gestores da área, marketing internacional e sistemática do comércio exterior. Todas com o foco em ajudar com o “bê-á-bá” das operações, documentações, leis, etc.

Quem entrar para esse ramo tem duas alternativas: ou faz o tecnólogo, voltado para um setor específico da profissão, como o regulamento aduaneiro, por exemplo. Ou escolhe o bacharelado, de maior duração, porém mais abrangente e com possibilidade de atuação em diversos campos.

Quanto ao mercado de trabalho, Dibian afirma: “está em potente crescimento, tanto no Brasil, quanto no mundo”. Um dos principais fatores para isso é o segmento da agropecuária brasileira e as melhores oportunidades se encontram no Rio de Janeiro, São Paulo e Santos. Segundo dados do Guia do Estudante, o salário inicial gira em torno de R$ 1.200,00.

Apesar de a estudante estar no 3° ano da faculdade, já atua na área há um ano e nove meses. “Fui estagiária por sete meses e agora sou coordenadora de tráfego internacional marítimo em uma empresa de agenciamento de cargas. Possuo uma equipe responsável por toda a importação via mar, na qual 85% das transações são provenientes da China”, afirma.

E se você quer saber qual é o maior prazer da carreira, Dibian não pensa duas vezes “Essa é fácil”, brinca. “Somos movidos pelo fato de sabermos de nossa responsabilidade e colaboração para o crescimento do país e da economia. Nós temos a tarefa de capturar novos mercados e corporações para o Brasil num âmbito mundial”, assegura.

Com tanta segurança nas palavras, dá até vontade de ser logo formado para participar ativamente dessa realidade. Não acha?

Seja nosso seguidor no Twitter (@nubeestagios) e veja notícias diárias de ações, vagas de estágio e aprendizagem, palestras e muito mais. Assista nossos vídeos de dicas no YouTube e participe da nossa página no Facebook. Agora estamos também no Google+, Foursquare e no Linkedin. Esperamos você em nossas redes sociais!

O Nube também oferece cursos on-line voltados para a qualificação profissional de estagiários e aprendizes. Basta acessar o link www.nube.com.br/ead. Todos os serviços para o estudante são gratuitos.

 



Seja nosso seguidor no Twitter (@nubevagas) e veja notícias diárias de ações, vagas de estágio e aprendizagem, palestras e muito mais. Assista nossos vídeos de dicas no YouTube e participe da nossa página no Facebook. Agora estamos também no Instagram e no Linkedin. Esperamos você em nossas redes sociais!

O Nube também oferece cursos on-line voltados para a qualificação profissional de estagiários e aprendizes. Basta acessar o link www.nube.com.br/ead. Todos os serviços para o estudante são gratuitos. Já instalou nosso aplicativo "Nube Vagas" em seu celular? Com ele você será notificado a cada nova oportunidade. Disponível na Apple Store e Play Store.

Compartilhe