Você sabe quanto é a bolsa-auxílio de um estagiário de Engenharia? E de ensino médio? Em 2010, o Nube realizou novamente a pesquisa "Valores pagos aos estagiários do Brasil". Nesse ano, o levantamento foi feito com 16.328 estagiários de diferentes níveis do país, entre 22 de março e 23 de abril. Todos eles têm contratos assinados de acordo com as novas regras da Lei do Estágio, nº 11.788, publicada em 28 de setembro de 2008. Confira os resultados:

A média de bolsa-auxílio geral, ou seja, considerando todos os níveis, é de R$ 683,33, registrando uma queda de 3,2% em relação ao ano passado. Segundo Carlos Henrique Mencaci, presidente do Nube, os motivos são a queda no valor pago aos alunos do nível médio e a redução da jornada diária dos estagiários de 8 horas para 6 horas.

Os estudantes de nível superior recebem média de R$ 765,25. O valor caiu 5,03% de 2009 para 2010. Considerando cursos, Engenharia segue pelo terceiro ano consecutivo como o primeiro do ranking com remuneração maior, pagando R$ 1.022,30. Em segundo lugar está Relações Internacionais (em 2008 não aparecia na lista dos dez com melhor bolsa e em 2009 ocupava o sétimo lugar), com R$ 1.008,38. Em terceiro vem Economia, mantendo a mesma posição do ano passado, apesar de um aumento de 12,37% na bolsa-auxílio, agora em R$ 999,27.

Já para o nível superior tecnólogo, a média é de R$ 702,40. Secretariado, com bolsa-auxílio de R$ 958,98 estreia na lista já em primeiro lugar, deixando o curso de Mecânica em segundo, com R$ 906,03. A terceira posição ficou para a área da Construção Civil, pagando R$ 896,95.

O ensino médio foi o mais atingido, sofrendo redução de 8,55%, com uma média de R$ 385,00. Uma das causas se deve ao artigo 17 da nova lei, que limita a contratação dos jovens desse nível em apenas 20%. Segundo dados do Inep/MEC, há no Brasil 8.337.160 e de acordo com dados da Associação Brasileira de Estágios – Abres, apenas 250 mil desses estudantes consegue estagiar, o equivalente a 3% do total. “Em razão da demanda ser muito superior à oferta, o mercado acaba pagando menos”, explica Seme Arone Junior, presidente da entidade. No ensino superior a situação não é tão diferente: são 650 mil estagiários para 5.080.056 matriculados, ou seja, apenas 12,8% conseguem uma colocação.

Consolidando o crescimento do nível médio técnico, a pesquisa registrou aumento de 10,81%. Atualmente os estudantes recebem em média R$ 517,70. Construção Civil, no topo da lista em 2009, caiu para terceiro, com R$ 620,83 de bolsa-auxílio, dando lugar à sua frente para o curso de Química, com R$ 693,51 e Segurança do Trabalho, com R$ 685,31.

Conheça os dez cursos com as melhores bolsas-auxílio no Brasil, separados por nível:

Nível Médio Técnico:
1) Química: R$ 693,51
2) Técnico em Segurança do Trabalho: R$ 685,31
3) Construção Civil: R$ 620,83
4) Mecânica: R$ 615,93
5) Eletrotécnica: R$ 562,27
6) Edificações: R$ 562,24
7) Automação Industrial: R$ 548,35
8) Mecatrônica: R$ 543,95
9) Telecomunicações: R$ 536,56
10) Informática: R$ 511,74

Nível Superior:
1) Engenharia: R$ 1.022,30
2) Relações Internacionais: R$ 1.008,38
3) Economia: R$ 999,27
4) Química: R$ 897,45
5) Arquitetura e Urbanismo: R$ 896,35
6) Biblioteconomia: R$ 883,60
7) Nutrição: R$ 880,40
8) Estatística: R$ 864,70
9) Ciências Atuariais: R$ 817,61
10) Matemática: R$ 802,12

Nível Superior Tecnólogo:
1) Secretariado: R$ 958,98
2) Mecânica: R$ 906,03
3) Construção Civil: R$ 896,95
4) Mecatrônica Industrial: R$ 831,89
5) Processamento de Dados: R$ 791,03
6) Comércio Exterior: R$ 788,79
7) Gestão Ambiental: R$ 772,46
8) Tecnologia em Alimentos: R$ 765,00
9) Sistemas de Informação: R$ 655,00
10) Redes de Computadores: R$ 627,00

Para a analista de treinamento do Centro de Desenvolvimento Profissional - Cedep, Anessa Trassi, o estudante não deve optar pela carreira porque ela tem um valor maior de remuneração. “A escolha da profissão precisa respeitar as aptidões do jovem e as áreas de interesse e afinidade. Dessa forma, terá realização no mercado de trabalho e será mais feliz na carreira”, afirma.

Thais Veneza está no terceiro ano de Direito e desde o primeiro semestre faz estágio. “Escolhi o curso por gostar muito e não pensando em quanto poderia ganhar nesse primeiro momento. Tenho primos já trabalhando na área e sempre me identifiquei. E fiz a escolha certa, fui efetivada esse mês!”, comemora.

Apesar da quantidade de estudantes ser muito superior à oferta de vagas de estágio, os candidatos mais bem preparados conseguem se inserir no mercado de trabalho. “Atualmente, as empresas valorizam os jovens talentos, efetivando os melhores estagiários ainda durante o período acadêmico”, reforça Mencaci.

Seja nosso seguidor no Twitter (@nubeestagios) e acompanhe notícias diárias de ações, vagas, palestras e novidades. Caso tenha alguma dúvida sobre estágio, faça suas perguntas no Formspring.

 

Seja nosso seguidor no Twitter (@nubevagas) e veja notícias diárias de ações, vagas de estágio e aprendizagem, palestras e muito mais. Assista nossos vídeos de dicas no YouTube e participe da nossa página no Facebook. Agora estamos também no Instagram e no Linkedin. Esperamos você em nossas redes sociais!

O Nube também oferece cursos on-line voltados para a qualificação profissional de estagiários e aprendizes. Basta acessar o link www.nube.com.br/ead. Todos os serviços para o estudante são gratuitos. Já instalou nosso aplicativo "Nube Vagas" em seu celular? Com ele você será notificado a cada nova oportunidade. Disponível na Apple Store e Play Store.

Compartilhe